Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Mulher se esconde com filho de um ano após ser agredida e ameaçada pelo companheiro em Leoberto Leal

Mulher se esconde com filho de um ano após ser agredida e ameaçada pelo companheiro em Leoberto Leal
Créditos: Especial Portal Misturebas

O homem foi preso por porte ilegal de arma de fogo. A vítima se escondeu em meio a mata por medo de ser morta pelo companheiro. 

No final da noite de sexta-feira (05), por volta das 23h24, a Polícia Militar (PM) foi acionada para atender uma ocorrência de violência doméstica e porte ilegal de arma de fogo na Estrada Ribeirão dos Ovos, no bairro Macuco, em Leoberto Leal, Alto Vale do Itajaí. Uma mulher se escondeu no meio da mata com seu filho de um ano após ser agredida e ameaçada pelo companheiro, que possuía uma arma de fogo.

Os policiais se deslocaram até o endereço informado e visualizaram as luzes do interior da casa acesas, com uma das janelas abertas. A guarnição se identificou e ordenou que o homem saísse da casa, porém, ninguém apareceu. Sendo assim, uma das portas que estava encostada foi aberta, sendo visualizado um homem deitado na cama de um dos cômodos da casa.

Continua depois da publicidade

Novamente, os policiais se identificaram e entraram na casa, em direção ao quarto onde o homem estava dormindo. Foi perguntado à ele sobre a denúncia, e o mesmo negou o ocorrido. Próximo a cama, estava uma pochete preta com uma arma de fogo carregada em seu interior. O homem alegou que a arma não o pertencia, e que alguém a havia colocado ali.

Os policiais realizaram uma varredura na casa, mas não encontraram a mulher. Uma busca foi realizada nas proximidades, e ela foi encontrada cerca de 500 metros da residência, escondida em meio a mata com seu filho de apenas um ano de idade.

A vítima relatou que havia sido agredida pelo companheiro, sendo ameaçada de morte. Com medo, e por saber que o homem possuía uma arma de fogo, ela saiu de casa com o filho e se escondeu. Ela informou o ocorrido ao irmão, que reside em Alfredo Wagner, e ele acionou a PM para socorrê-la.

A mulher alegou ainda que já foi agredida outras vezes, e que nunca teve coragem de chamar a polícia por medo, pois era constantemente ameaçada.

>> LEIA MAIS: Coincidência: Condutor embriagado foge após atropelar pedestre e depois descobre que a vítima era o próprio filho 

O homem recebeu voz de prisão, e no momento em que era conduzido até a viatura, ele tentou fugir, correndo dos policiais. O agressor foi seguido por cerca de 300 metros em meio ao mato e barro, sendo alcançado e preso novamente. Algemado, o homem e a vítima foram encaminhados à Central de Polícia de Rio do Sul, para que as providências cabíveis fossem tomadas.

Crédito: Especial Portal Misturebas
Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento