Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Vídeo registra momento em que duas mulheres afundam na areia do alargamento da praia de BC

Vídeo registra momento em que duas mulheres afundam na areia do alargamento da praia de BC
Foto: Reprodução/Vídeo

As mulheres estavam em um trecho que faz parte da obra que será finalizada, local não permitido para a circulação das pessoas.

Na manhã de terça-feira (26), duas mulheres afundaram na areia do alargamento da praia de Balneário Camboriú, Litoral catarinense. O Corpo de Bombeiro Militar (CBM) precisou socorrer as mulheres que invadiram um trecho ainda não finalizado da obra. O caso ocorreu na Praia Central, e apesar do grande susto, elas não se feriram.

No vídeo registrado, mostra o resgate da primeira mulher, que se encontrava mais submersa na areia. Em seguida, é registrado o resgate da segunda envolvida, que estava com a areia próxima a cintura. As imagens foram registradas pelo CBM. As identidades da mulheres foram preservadas.

Continua depois da publicidade

O Coordenador da Obra de Aterro da Praia e Gestor do Fundo Municipal de Outorgas, Rubens Spernau, a área era isolada quando as mulheres ultrapassaram o local, que possuem avisos e fiscalização. Ele não soube dizer que os alertas feitos pelo alto-falante no momento não foram ouvidos por elas, ou se foram ignorados.

“Elas estavam andando quando começaram a afundar pelas pernas. Eu conversei com o pessoal da fiscalização, e foi feito chamamento e não foi ouvido. Felizmente, apesar do susto, nenhuma delas se machucou”, conta.

Spernau comenta que após o caso, foi realizada uma reunião entre a prefeitura, Fiscalização Ambiental (Caruso), Fiscalização da Obra (Aquaplan), o consórcio que efetua a obra e os bombeiros, sendo determinado a intensificação das medidas de segurança.

“Estamos buscando que o ocorrido sensibilize de fato as pessoas que elas não devem acessar as áreas demarcadas, nós colocamos mais de um tipo de isolamento, o que acontece é que as pessoas continuam andando e não percebem a demarcação. Existe todo um cuidado, eles têm um carro com alto-falante e muitas vezes só é ignorado”, finaliza.

>> LEIA MAIS: Mulher fica gravemente ferida ao ser atropelada em Apiúna

O coordenador informou que nos próximos dias o trecho entre a rua 4000 e 1800 será liberado, área onde não há tubulação, sendo assim, permite menos cuidados. Segundo ele, a circulação entre as ruas 1800 até o Pontal Norte será liberada apenas ao término do aterro, que deve ser no domingo (31).

 

Com informações de NSC 

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento