Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Funcionária pública é condenada por ato de improbidade em SC

Funcionária pública é condenada por ato de improbidade em SC
Imagem Ilustrativa

O ministério público de Santa Catarina processou uma policial civil por improbidade administrativa

Uma policial civil processada pelo Ministério Público de Santa Catarina foi condenada por improbidade administrativa na comarca de Lages.

 A servidora pública se apropriou indevidamente de mais de R $17 mil em fianças, montante relacionado a processos com datas entre 2012 e 2014.  

Continua depois da publicidade

A ação ajuizada pela 10ª Promotoria de Justiça da Comarca de Lages relatou que a servidora era a responsável pelo depósito das fianças arbitradas pela Autoridade Policial nos Autos de Prisão em Flagrante lavrados na Comarca de Lages.

Ocorre que, em 28 ocasiões, ela deixou de depositar valores que variavam de R$ 240 a R$ 1.356 nas subcontas vinculadas aos processos e ficou com o dinheiro das fianças para si.

>>LEIA MAIS: Prefeitura de São José decide regulamentar trabalho de coletores de resíduos recicláveis em SC

 Assim, ela desviou um montante de R $17.642,00. Com o início da investigação, a servidora devolveu espontaneamente cerca de R $6,7 mil. 

Diante dos fatos e provas apresentados pelo Ministério Público, o Juízo da Vara da Fazenda Pública da Comarca de Lages condenou a Policial Civil a ressarcir o valor de R$ 10.871

 Além do valor a ser ressarcido, a mulher também perderá o cargo público de policial civil, suspensão dos direitos políticos por oito anos e proibição de contratar com o poder público pelo prazo de 10 anos.

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento