Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Vídeo registra momento em que bombeiro pede noiva em casamento em meio ao fogo no Sul catarinense

Vídeo registra momento em que bombeiro pede noiva em casamento em meio ao fogo no Sul catarinense
Foto: Fabíola Claudino Sampaio/Arquivo Pessoal

Fabíola Claudino Sampaio e Anderson Cardoso, de Tubarão, protagonizaram o pedido inusitado durante um treinamento contra incêndio da corporação.

Um vídeo publicado nas redes sociais mostra um pedido de casamento inusitado. O bombeiro Anderson Cardoso, de 39 anos, pediu Fabíola Claudino Sampaio, de 30 anos, em casamento durante um treinamento contra incêndio realizado em Laguna, no Sul catarinense. O caso ocorreu na última quarta-feira (22).

Nas imagens, é possível ver o casal entrando em um espaço em chamas, juntos. Na hora certa, Anderson pega uma cartolina em chamas, onde está escrito “Fabíola, aceita casar comigo?”. A noiva diz que não esquecerá esse momento.

Continua depois da publicidade

“Achei um jeito perfeito, ele juntou tudo que amamos fazer e transformou em um momento inesquecível. Vou me lembrar disso pra sempre”.

Foto: Fabíola Claudino Sampaio/Arquivo Pessoal

O pedido só poderia ter uma resposta, e Fabíola respondeu “sim, senhor”. O bombeiro se ajoelhou e mostrou o anel para a mulher amada. O casal, ainda vestindo o uniforme de combate a incêndios, se abraça, em um momento emocionante. Anderson relembra o pedido feito.

“Depois de a gente passar pela ‘cortina de fogo’ eu botei fogo em parte do cartaz. Ela ficou um pouco assustada, até que conseguiu ler. Aí eu fiz o pedido e ela disse que sim”.

A noiva diz que a resposta formal ao pedido foi motivada pelo ambiente militar onde o casal estava. Após saírem das chamas, os pombinhos receberam um banho de mangueira da equipe.

“Devido a aquele momento, que é no estilo militar, eu não pude ter outra resposta. Daí eu respondi na parte militar ‘sim, senhor’”.

Fabíola e Anderson — Foto: Fabíola Claudino Sampaio/Arquivo Pessoal

O casal de bombeiros conta que se conheceram no ano de 2016, em Tubarão, cidade em que vivem. Na época, ela fazia o curso do bombeiros voluntário, e ele, era o instrutor. Porém, o relacionamento só iniciou dois anos depois.

>> LEIA MAIS: Casa Milagre: Residência escapa de rio de lava em La Palma

“Eu achava que ele nunca ia fazer o pedido. Se me perguntasse se algum dia ele teria coragem de fazer [um pedido assim], eu ia falar que não. Foi algo surpreendente. Eu jamais iria acreditar que ele fosse preparar isso”, comenta Fabíola.

O casal disse que pretende celebrar a união ainda este ano. A cerimônia, segundo eles, deverá reunir apenas a família e os amigos próximos.

Fabíola e Anderson — Foto: Fabíola Claudino Sampaio/Arquivo Pessoal

 

Com informações do G1

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento