Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

PF prende controladora de voo envolvida no acidente aéreo da Chapecoense

PF prende controladora de voo envolvida no acidente aéreo da Chapecoense
Foto: Divulgação/ Polícia de Antioquia

A prisão foi determinada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes.

A Polícia Federal decretou a prisão da controladora Celia Castedo Monastério, responsável pela análise e aprovação do plano de voo do avião que caiu com a equipe de futebol da Chapecoense em 2016, matando 71 pessoas.

A aeronave caiu quando estava chegando no Aeroporto Internacional de José Maria Cordova, em Rio Negro, na Colômbia.

Continua depois da publicidade

A informação foi confirmada pela CNN Brasil, nesta manhã da última sexta-feira (24), que apurou também que a prisão se deu por determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes.

Voo
Foto: Wilson Pardo

>> LEIA MAIS: Homem fica isolado por 33 anos em uma ilha

Celia Castedo, que é boliviana, era especialista em segurança de voo e, na ocasião, teria deixado de propósito de observar procedimentos mínimos para aprovação do plano de voo da aeronave.

No programa apresentado pela controladora, o avião saiu da Bolívia para Colômbia, com autonomia de voo inadequada para viagem. A controladora estava refugiada no Brasil desde 2016 sob a alegação de ser perseguida em seu país natal.

 

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento