Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Homem fica isolado por 33 anos em uma ilha

Homem fica isolado por 33 anos em uma ilha
Foto: Manuro Morandi/Facebook

Por quase 33 anos ele viveu uma vida de eremita em uma bela ilha do Mediterrâneo, onde era o único habitante.

Mauro Morandi, conhecido como Robinson Crusoe da Itália, depois de desenvolver seguidores leais pela internet, foi o zelador da ilha de Budelli, na Sardenha, abraçando o silêncio, a solidão e a tranquilidade da natureza enquanto vivia em uma velha cabana de pedra na praia.

Morandi
Foto: Mauro Morandi/Instagram/Reprodução

Não existia agitação social, nem comida boa, nem amigos. Seus únicos companheiros eram pássaros e gatos. Ele dormia em uma espécie de berço e tinha poucas roupas. Abandonando todos os confortos, ele pregou por uma existência de autorreflexão e meditação na praia rosa de Budelli pontilhada com poeira de coral.

Continua depois da publicidade

>> LEIA MAIS: Talibãs expõem corpos de prováveis sequestradores em guindastes

Depois de anos lutando com as autoridades do parque marinho que queriam retirar ele da olha para transforma-la em um observatório ambiental, em maio Morandi aceitou seu destino. Depois de postar uma mensagem vigorosa de demissão:

“minhas bolas estão quebradas” (gíria para “estou farto”), ele deixou a ilha.

Mudar de casa e começar uma nova vida pode ser difícil para qualquer pessoa. Ainda mais para um homem de 82 anos que passou três décadas vivendo uma existência solitária em uma ilha paradisíaca.

“Nunca acaba realmente”, Morandi disse à CNN. “Eu sou a prova de que uma segunda vida nova é possível. Você sempre pode começar tudo de novo, mesmo se tiver mais de 80 anos, porque há outras coisas que você pode experimentar e um mundo totalmente diferente.”

Morandi, nascido no norte da Itália, chegou à sua antiga casa em Budelli em 1989 por acidente enquanto tentava navegar da Itália para a Polinésia. Ele se apaixonou pelas águas cristalinas, pelas areias de coral e pelo belo pôr do sol e assim tornou-se zelador da ilha.

Embora encontrasse visitantes ocasionais, ele viveu quase sempre sozinho. Nos últimos anos, sua presença online, postando imagens de Budelli, fez com que ele se conectasse a uma comunidade virtual.

Agora ele tem a presença real das pessoas. Sua casa nova é pequena, pintada de branco, completa com terraço com vista panorâmica do mar, e fica na movimentada cidade turística de La Maddalena, embora em um local mais silencioso que garante sua privacidade.

Ele diz que sente falta do silêncio de Budelli. Ele não está acostumado ao barulho de carros, caminhões e “motocicletas com silenciadores quebrados passando”, mas, no geral, ele gosta do novo ambiente e o acha bastante relaxante.

 

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento