Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Vídeo registra momento em que vendedor ambulante é abordado violentamente pela Guarda Municipal em Itajaí

Vídeo registra momento em que vendedor ambulante é abordado violentamente pela Guarda Municipal em Itajaí
Foto: Reprodução

O jovem de 17 anos vendia alfajor no centro da cidade. Uma "vaquinha" online foi criada para ajudá-lo, e o valor arrecadado superou o pedido.

No início da semana, segunda-feira (13), um vídeo envolvendo uma abordagem violenta de agentes da Guarda Municipal contra um jovem de 17 anos, vendedor ambulante de alfajor, viralizou nas redes sociais. Pessoas que estavam no calçadão da Hercílio Luz, no Centro de Itajaí, registraram toda a ação realizada pelos guardas.

A forma como a abordagem foi realizada gerou reclamações e revolta das pessoas que presenciaram a cena. Em um dos vídeos registrados, um guarda municipal joga spray de pimenta no rosto de moradores que afirmavam que o vendedor estava sendo enforcado. Pelo menos cinco agentes participaram da ação.

Continua depois da publicidade

Um sexto homem, sem farda, também aparece nas filmagens, porém, a prefeitura da cidade não soube identificar se ele era servidor público ou segurança particular.

Foto: Luiz Carlos de Souza/NSC/TV

Segundo o relatório da ocorrência divulgado pela prefeitura de Itajaí na noite de segunda, por volta das 15h30 a guarda foi acionada para prestar apoio aos fiscais da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh). De acordo com a administração, os funcionários estavam sendo ameaçados pelo vendedor.

Os agentes envolvidos na ação seguiram trabalhando, e não devem afastados. O coordenador da Guarda Municipal, Marco Antônio Otávio, afirma que ospray de pimenta foi utilizado para proteger os guardas e o adolescente, já que durante a abordagem, algumas pessoas jogaram objetos contra os agentes.

A prefeitura vai abrir uma sindicância para apurar a abordagem realizada. A data de quando o processo administrativo será aberto ainda não foi informada.

>> LEIA MAIS: Bebê de um ano é picado por filhote de jararaca em Blumenau

Segundo o Mesorreginal, que entrou em contato com a família do vendedor, a mãe do jovem confecciona os doces que são vendidos por ele, com o objetivo de contribuir com os estudos do adolescente, que sonha em ser sargento do Exército Brasileiro. Ele está fazendo curso preparatório para prestar o concurso público.

O pai do jovem trabalha como vigilante e a mãe, atua na área da educação. A família produz os doces nas horas vagas, para contribuir também na renda familiar.

Vaquinha online 

Com a repercussão das imagens, uma vaquinha online foi aberta com o objetivo de arrecadar R$ 5 mil para ajudar a família do vendedor. Esse valor já foi superado, e agora, o dinheiro arrecadado passa de R$ 22 mil.

Com info do G1 e Mesorregional. 

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento