Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Facção mata mulher após ela ter calaborado com a polícia em Barra Velha

Facção mata mulher após ela ter calaborado com a polícia em Barra Velha
Foto: Depositphotos

A vítima, de 21 anos, era namorada de um dos envolvidos e teve a morte decretada por uma organização criminosa.

A sessão, realizada na última semana, movimentou a cidade de Barra Velha, litoral norte catarinense. Um forte aparato de segurança da polícia militar foi montado em frente ao fórum para manter a ordem. O crime aconteceu em maio de 2019.

De acordo com a denúncia do Ministério Público, a vítima, então com 21 anos, e que era namorada de um dos envolvidos, teve a morte decretada por uma organização criminosa, após colaborar com a polícia ao prestar um depoimento.

Continua depois da publicidade

Em sessão do Tribunal do Júri na comarca de Barra Velha, com duração de 24 horas, cinco integrantes de uma facção criminosa foram condenados a penas que, somadas, ultrapassam 80 anos de prisão.

>> LEIA MAIS: PF conclui inquérito sobre o rompimento da barragem da Vale em Brumadinho

A maior condenação aplicada foi de 23 anos e, a menor, de um ano e dois meses, esta a ser cumprida em regime inicial aberto, para réu que foi condenado apenas por ser membro da organização.

O juiz Gustavo Schlupp Winter foi o responsável pela condução dos trabalhos.

Consta nos laudos que a jovem apresentava ferimentos nas regiões da cabeça, tórax e abdômen, provocados por projéteis disparados por arma de fogo.

 

 

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento