Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Zé Trovão se apresentou à PF em Santa Catarina nesta terça-feira

Zé Trovão se apresentou à PF em Santa Catarina nesta terça-feira
Foto: Reprodução

O caminhoneiro estava foragido desde setembro.

Na tarde desta terça-feira (26), por volta das 14h, Marcos Antônio Gomes, conhecido como Zé Trovão, se apresentou à Polícia Federal (PF) de Joinville, Norte Catarinense. Morador da cidade onde se entregou, ele foi alvo de um mandado de prisão expedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em uma ação que investiga incitação a atos violentos e ameaçadores contra a democracia.

A nota de defesa do caminhoneiro informou que ele “está a dispor da Justiça para provar sua inocência”. Em setembro, Zé Trovão foi localizado pela PF no México, onde esteve foragido.

Continua depois da publicidade

Zé teve um mandado de prisão expedido contra ele pelo STF no dia 20 de agosto. De acordo com o despacho de Moraes, a Procuradoria Geral da República (PGR) afirma que as postagens e vídeos publicados mostram que o ele teria convocado a população, por meio de suas redes sociais, a praticar atos criminosos e violentos contra a democracia.

No documento, as justificativas das medidas cautelares consideraram “a atuação dos investigados na divulgação de mensagens, agressões e ameaças contra a democracia, o estado de direito e suas instituições”.

>> LEIA MAIS: Homens assaltam cooperativa de crédito na manhã desta terça-feira em Itajaí

Segundo a PRF, o caminhoneiro ficou foragido em um hotel no México. Neste período, ele chegou a compartilhar em suas redes sociais um vídeo em que comenta que os representantes da embaixada brasileira procuraram o hotel onde ele estava hospedado.

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento