Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

CPI da Covid: Luciano Hang depõe após ser citado no caso Prevent Senior

CPI da Covid: Luciano Hang depõe após ser citado no caso Prevent Senior
Foto: Rafaela Felicciano

Hang irritou os senadores ao exibir placas com 'Não me deixam falar'. A comissão exigiu a retirada de um de seus advogados.

A reunião da CPI da Covid, que iniciou na manhã desta quarta-feira (29), segue suspensa após a comissão exigir a retirada de um dos advogados de Luciano Hang. O empresário, em depoimento, refutou que tenha sido negacionista na pandemia da Covid-19, ou participado de um gabinete paralelo de assessoramento do presidente Jair Bolsonaro na atual crise vivida pelo país.

O empresário, proprietário das lojas Havan, incentivou o chamado “tratamento precoce” da doença, mesmo sem ter a eficácia comprovada. Além disso, atenuou os ataques de Bolsonaro aos prefeitos, governadores e ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Continua depois da publicidade

Hang foi citado recentemente no caso Prevent Senior, onde em um dos hospitais da rede, a mãe de Luciano, Regina Hang, de 82 anos, morreu, em fevereiro deste ano, tendo o atestado de óbito fraudado em um esquema investigado. Luciano Hang alega não existir provas contra ele, e afirma que sempre apoiou a vacina.

“A CPI não tem nenhuma prova contra mim (…). Sou vítima de um conjunto de narrativas única e exclusivamente por eu não ter medo de falar a verdade, expor e mostrar o meu apoio. Sou acusado sem provas e perseguido por apenas dar a minha opinião”.

A transmissão da reunião pode ser assistida através do youtube da TV Senado.

>> LEIA MAIS: Timbó terá exame preventivo aos sábados durante o Outubro Rosa

A CPI da Covid foi criada no Senado após determinação do Supremo. A comissão, formada por 11 senadores (maioria é independente ou de oposição), investiga ações e omissões do governo Bolsonaro na pandemia do coronavírus, e repasses federais a estados e municípios. Tem prazo inicial (prorrogável) de 90 dias. Seu relatório final será enviado ao Ministério Público para eventuais criminalizações.

Com informações do Uol.

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento