Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Messi se torna o maior artilheiro da história do futebol de seleções do continente

Messi se torna o maior artilheiro da história do futebol de seleções do continente
Messi fez os 3 gols da Argentina na vitória diante da Bolívia. | Foto: Conmebol

Camisa 10 passou o ex-jogador brasileiro, Pelé, que era o maior artilheiro.

Na noite de quinta-feira, 9 de setembro, Lionel Messi se tornou o maior artilheiro da história do futebol de seleções do continente. No jogo de vitória da Argentina contra a Bolívia, o camisa 10 marcou os três gols da vitória e passou o ex-jogador brasileiro Pelé.

Pelé marcou pela seleção brasileira um total de 95 gols, porém, nesta conta são desconsiderados 18 gols que o Rei fez em jogos amistosos contra adversários como Atlético-MG, Bahia, Atlético de Madri e Inter de Milão. De acordo com a FIFA, são considerados apenas gols marcados em partidas entre duas seleções e levando isso em consideração, Pelé possui 77 gols marcados, sendo assim ultrapassado por Messi, que agora conta com 79 gols marcados pela seleção argentina.

Continua depois da publicidade

Após o término do jogo contra a Bolívia, Messi relatou emocionado a felicidade em atingir esta marca. “Faz muito tempo que eu sonhava com este momento e graças a Deus consegui. É um momento único pelo modo que aconteceu e depois de tanta espera. Não teria melhor maneira de poder festejar do que estar aqui, é algo incrível”, disse Messi.

–> LEIA TAMBÉM: CAPS Timbó realiza ações alusivas ao Setembro Amarelo

O camisa 10 argentino marcou seu primeiro gol pela seleção no dia 1º de março de 2006, na Basileia, em um amistoso contra a Croácia. (ANSA).

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento