Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Mulher é encontrada acorrentada em árvore na divisa de Indaial e Ascurra

Mulher é encontrada acorrentada em árvore na divisa de Indaial e Ascurra
Fotos: PM

A PM atendia uma ocorrência de veículo abandonado quando ouviu os pedidos de socorro.

Na manhã de sexta-feira (23), por volta das 09h57, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de veículo abandonado na Rua Marechal Deodoro da Fonseca, divisa de Indaial e Ascurra. Porém, a guarnição ouviu pedidos de socorro vindo da mata. Tratava-se de uma mulher, que foi encontrada acorrentada em uma árvore.

O fato ocorreu quando a PM chegou ao local e avistou o automóvel supostamente abandonado, um GM/CORSA, atravessado na via com a parte dianteira na ribanceira. No início, os policiais realizaram os procedimentos de trânsito cabíveis. Após a saída do guincho, a guarnição ouviu pedidos de socorro vindo da mata.

Continua depois da publicidade

Ao averiguar a situação, a polícia encontrou a vítima, uma mulher de 60 anos, acorrentada pelas mãos em uma árvore e muito nervosa. Ao colher o depoimento dela, foi descoberto que pela manhã de sexta-feira, quando a vítima saía do cemitério de Ascurra, um carro, segundo a mesma um hb20 preto, a seguiu e em certo ponto cortou a frente dela. Um homem encapuzado entrou no banco de trás do veículo portando uma arma de fogo, para que a vítima obedecesse às ordens dele.

>> LEIA MAIS: Covid-19: Timbó divulga cronograma da 2ª dose da vacina para a próxima semana

A mulher relatou que dois homens estavam envolvidos, ambos encapuzados, mas que não lembra de nenhuma característica física deles, exceto que um deles possui a palavra “Jesus” escrito na mão direita, sendo cada letra em uma articulação.

Segundo a vítima, o homem que a ameaçava com a arma pediu para que ela seguisse com o carro pela BR 470, sentido litoral. Em certo momento, ele pediu para ela entrasse na Rua Orrefors (ponte pênsil/Warnow), seguindo pela Rua Marechal Deodoro da Fonseca, local onde foi encontrada.

Ao chegar no destino estabelecido pelos homens, ela ouviu ambos falando no celular “já estamos com a encomenda” e “precisamos pegar os outros R$ 5 mil”. Os suspeitos falaram que iam a acorrentar no veículo e jogá-lo contra a ribanceira, mas por algum motivo mudaram de ideia e a acorrentaram na mata. Os homens ainda levaram os pertences da vítima, sendo um telefone celular, uma bolsa, documentos pessoais e R$ 800.

>> LEIA MAIS: Ministério da Economia alerta para site falso que coleta informações de servidores

Diante do ocorrido, a PM realizou os procedimentos cabíveis e encaminhou a vítima a um hospital para verificar se havia algum dano físico. Depois disso, foram à Delegacia de Polícia para cumprir os demais procedimentos.

 

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento