Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Mamífero mais raro do mundo corre risco de entrar em extinção

Mamífero mais raro do mundo corre risco de entrar em extinção
Foto: Divulgação

Atualmente, restam apenas 10 espécimes das vaquinhas marinhas do México.

As vaquinhas marinhas são mamíferos marinhos mexicanos muito raros, que habitam exclusivamente uma área do Golfo da Califórnia. Atualmente, as 10 espécimes que existem correm risco de extinção por conta da pesca, de acordo com a Comissão Baleeira Internacional.

O número é extremamente baixo e vem diminuído já tem um tempo. Segundo a União Internacional para Conservação da Natureza, em 1997 estimava-se que havia pouco mais de 560 espécimes, porém o número caiu para 200 em 2005 e cerca de 15 anos depois, há cerca de uma dúzia.

Continua depois da publicidade

Apenas 28 anos após a descoberta dos animais, a espécie já estava classificada como “vulnerável” na lista vermelha da IUCN. E desde 1996 é considerado “criticamente em perigo”.

       >> LEIA TAMBÉM: Homem se irrita com trânsito e pula em rio com crocodilos nos EUA

Para o WWF, a situação da vaquinha marinha é um exemplo claro do que se passa com vários cetáceos, categoria que inclui baleias, golfinhos e botos.

Além de ser considerado pelos especialistas o mais raro do mundo, é também o menor mamífero marinho que habita o planeta. É difícil observá-lo em seu habitat, uma vez que é esquivo e tímido, e se afasta se perceber a presença de barcos.

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento