Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Paciente se emociona ao deixar hospital após 9 meses de internação por Covid-19

Paciente se emociona ao deixar hospital após 9 meses de internação por Covid-19
Foto Reprodução/Vídeo

Ele estava internado em Joinville desde o dia 22 de setembro.

Após nove meses internado em decorrência das complicações da Covid-19, Marcos Jacobsen, de 57 anos, se emocionou ao deixar o hospital na quinta-feira (08), em Joinville. Durante este período, ele teve diversos problemas de saúde causados pelo vírus. O paciente deu entrada na unidade no dia 22 de setembro do ano passado.

Em vídeo gravado no momento da alta, Marcos é aplaudido pelos funcionários do hospital, que levaram balões e mensagens em comemoração a vitória do paciente. O homem comentou sobre a sensação em deixar o local após tantos meses internado. “Se felicidade fosse o máximo, eu estou acima disso. São nove meses de 16 dias longe de casa, da família, dos amigos. Mas, graças a Deus, estamos aí e estamos saindo agora”.

Continua depois da publicidade

Durante os 290 dias de internação, 52 foram passados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A médica Ana Carolina Berbel, explica que Marcos teve diversos acometimentos após contrair o vírus. “Ele teve uma gravidade muito importante do quadro infeccioso pulmonar. Ele também desenvolveu insuficiência renal aguda, com necessidade de hemodiálise. Fez inúmeros ciclos de antibiótico para controle de todas essas infecções, tanto pulmonar quanto da úlcera que teve. Ele acabou evoluindo para trombose de membro inferior, precisando de anticoagulação. Então, foi um paciente que teve múltiplos acometimentos do organismo após essa infecção pelo coronavírus”.

A equipe médica do hospital comentou que mesmo nos momentos difíceis, era ele quem alegrava os profissionais do local. A enfermeira Lailla Maria Moreira, relata que foram poucos os momentos em que viu Marcos triste. “Nesse tempo todo, foram poucos momentos que eu posso dizer que eu o vi um pouco triste. Mas o restante da internação ele sempre estava para cima, alegre”.

A esposa do paciente, Silvia Jacobsen, afirma que esse foi o momento mais extremo da vida deles. “A gente encerrou um ciclo de muito aprendizado e muita troca porque foi o momento mais extremo da nossa vida. A gente nunca mais vai olhar nossa vida como a gente olhava há uns tempos atrás”.

Em casa, também houve comemoração. Antes da internação, Marcos havia perdido um irmão para a Covid-19. A irmã, Regina Jacobsen, diz que quer aproveitar cada momento que tiver com o irmão. “Cada tempinho que tiver para a gente estar junto, a gente vai aproveitar. Nessas horas é que a gente começa a dar importância, que às vezes a gente deixa de visitar, deixa de estar junto. E quando acontece isso é que você vê o valor da família estar unida”.

>> Leia Mais: Motociclista se fere após colidir contra um carro em Lontras

Marcos quer aproveitar o tempo perdido durante a internação. Ele afirma que ainda tem muito o que fazer. “Tem que curtir mais a minha família, aproveitar, porque a gente vê que a vida da gente às vezes pode se apagar de uma hora para outra. Como diz ‘Ele’ lá em cima: ‘não é a sua hora. Volta, que você tem muito para fazer ainda’”.

Mesmo após receber a alta, o paciente continuará a fazer as sessões de fisioterapia. Por ter passado muito tempo deitado, Marcos precisou fazer fisioterapia e usou um andador ao dar os primeiros passos.

Confira os momentos de recuperação do paciente:

Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram
Reprodução/vídeo
Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento