Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Timbó sedia etapa estadual de Cross Country

Timbó sedia etapa estadual de Cross Country
Foto: Pilo

O evento contou com 80 atletas inscritos nas categorias Livre e Federado.

A etapa estadual de Cross Country no Jardim Botânico de Timbó aconteceu no último domingo (6) e contou com 80 atletas inscritos nas categorias Livre e Federado, nos naipes Masculino 8K e Feminino 4K.

A competição foi organizada e coordenada pela Federação Catarinense de Atletismo e Fundação Municipal de Esportes de Timbó (FME).

Continua depois da publicidade

Os protocolos de segurança contra a Covid-19 foram seguidos para a realização do evento.

Veja a seguir os resultados desta etapa estadual de Cross Country:

MASCULINO 8K

1º lugar – Lucas Simões de Oliveira, com 31min de prova

2º lugar – Vitor Miguel Redlinski (FME Timbó), com 32min35s de prova

3º lugar – Fabricio Kannenberg (Voight Runners Assesoria Esportiva), com 35min05s de prova

       > > LEIA TAMBÉM:  SC pretende vacinar toda a população acima de 18 anos até fim de outubro

FEMININO 4K

1º lugar – Juliane Zatelli de Souza (FME Timbó), com 21min54s de prova

2º lugar – Leiziane R. Wandscheer Ceshini (Morastoni Assessoria), com 22min52s de prova

3º lugar – Amanda Alves Betin (AACN), com 24min03s de prova

Confira o resultado completo de todos os inscritos na competição site Desafio Agora.

Cross country (Conheça o esporte)

cross country (português brasileiro) ou corrida a corta-mato (português europeu), às vezes referido como cross ou crosse, é um desporto de equipa em que os atletas competem numa corrida em terreno aberto ou acidentado. Difere de corrida em estrada ou corrida em pista principalmente no percurso, que poderá incluir relva, lama, mata ou água, e no sistema de classificação. As equipas são compostas de cinco a sete corredores. É um dos desportos mais participativos e tem lugar normalmente no outono/inverno.

O corta-mato é um desporto originariamente inglês criado no início do século XIX. Era então, no entanto, um desporto completamente diferente do atual, conhecido por caça ao papel. Um grupo de corredores seguia um percurso escolhido aleatoriamente e deixava cair no chão marcas de papel enquanto corria. O grupo rival deveria ir em encalço do primeiro, seguindo os rastos marcados pelos papéis. Era um desporto praticado principalmente por universidades, como as de Cambridge e de Oxford.

Com o tempo, contudo, o desporto progrediu tornando-se no que é hoje. Apesar da popularidade internacional do corta-mato, este foi excluído dos Jogos Olímpicos após 1924 dado ser um desporto impróprio para o verão. Em 1960, a Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF), que regulamenta a corrida a corta-mato, permitiu pela primeira vez a participação de mulheres.

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento