Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Bolsonaro se retrata de fala sobre TCU, mas volta a atacar governadores

Bolsonaro se retrata de fala sobre TCU, mas volta a atacar governadores
Foto: Reprodução / Foco do Brasil

As críticas do presidente se referem aos governadores por terem tomado medidas de isolamento social.

O presidente Jair Bolsonaro disse a apoiadores, nesta terça-feira (8), que errou ao falar que o Tribunal de Contas da União (TCU) possuía um relatório questionando o número de mortes por causa da Covid-19, mas ao se retratar da informação, ele voltou a atacar os governadores.

Bolsonaro explicou que, dentre os critérios estabelecidos para a distribuição de verbas do governo federal aos estados, está a incidência de Covid-19 nas regiões. Contudo, sem apresentar dados, disse que há “fortes indícios” de que este critério estaria sendo usado pelos estados para “supernotificar” o número de mortes pela doença.

Continua depois da publicidade

“E o próprio TCU dizia o quê? Que a lei poderia incentivar uma prática não desejável da supernotificação de Covid para o estado ter mais recursos. A tabela, porém, quem fez fui eu, não foi o TCU. A imprensa usa para falar que eu fui desmentido, mas não tem problema”, disse Jair Bolsonaro.

       >> LEIA TAMBÉM: Homem que estuprou mulher dentro de loja é condenado

Continua depois da publicidade

Misturebas - Anúncio

As críticas do presidente se referem aos governadores por terem tomado medidas de isolamento social. No entanto, Bolsonaro ameaçou utilizar a máquina pública federal para investigar os gestores estaduais por meio das verbas da União.

“O que a gente vai fazer agora? Estava conversando com o advogado-geral da União (André Mendonça), que veio tomar café comigo aqui. O que o governo pode fazer? Via a CGU, irá fazer uma investigação em cima disso aí”, declarou.

A tabela que mostraria uma possível manipulação do número de mortes por Covid-19, mencionada pelo presidente, ainda não foi apresentada. “Nós vamos para cima agora, para exatamente apurar quais estados que fizeram supernotificação em busca de mais dinheiro”, ressaltou.

Nota de esclarecimento – mortes por Covid-19

TCU presta esclarecimentos sobre número divulgado pelo Presidente da República

O TCU esclarece que não há informações em relatórios do tribunal que apontem que “em torno de 50% dos óbitos por Covid no ano passado não foram por Covid”, conforme afirmação do Presidente Jair Bolsonaro divulgada nesta segunda-feira (7/6).

O TCU reforça que não é o autor de documento que circula na imprensa e nas redes sociais intitulado “Da possível supernotificação de óbitos causados por Covid-19 no Brasil”.

O documento refere-se a uma análise pessoal de um servidor do Tribunal compartilhada para discussão e não consta de quaisquer processos oficiais desta Casa, seja como informações de suporte, relatório de auditoria ou manifestação do Tribunal. Ressalta-se, ainda, que as questões veiculadas no referido documento não encontram respaldo em nenhuma fiscalização do TCU.

Será instaurado procedimento interno para apurar se houve alguma inadequação de conduta funcional no caso.

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento