Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Cidades de SC ficam sem energia elétrica após ventania

Cidades de SC ficam sem energia elétrica após ventania
Foto: Divulgação/Celesc

O município mais afetado foi Campos Novos, que decretou situação de emergência

Milhares de casas ficaram sem luz após ventania que atingiu Santa Catarina na sexta-feira (28).  Ao todo, mais de 68,6 unidades consumidoras ficaram sem o fornecimento de energia elétrica. A maioria das residências que possui mais de 50% de comprometimento do serviço está localizada no Oeste do estado.

A Defesa Civil contabiliza quantas pessoas foram atingidas pelos estragos da ventania.

Continua depois da publicidade

A cidade de Campos Novos foi o local mais afetado, sendo decretado situação de emergência. A Defesa Civil Estadual diz que o município foi atingido por um tornado com velocidade de 123 km/h.

Já em Videira, quatro torres de transmissão de energia elétrica caíram entre sexta-feira e sábado (29).  O Operador Nacional do Sistema Elétrico (NOS), responsável pela coordenação do Sistema Interligado Nacional (SIN) de luz, informa que por conta dos estragos, ocorreu o desligamento automático da linha de transmissão entre as cidades de Campos Novos e Videira. Isso gerou a interrupção do fornecimento de energia nas Subestações Videira, Caçador, Caçador Castelhano e Fraiburgo.

As equipes das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) estão desde a ventania trabalhando para recompor a parte afetada do sistema elétrico. A companhia esteve nas cidades afetadas para verificar as cargas prioritárias e também as maneiras de atender os hospitais, através dos sistemas de distribuição de energia, conforme foi informado pelo governo do estado.

Não há previsão para o fim dos trabalhos realizados, mas a Celesc continua auxiliando as equipes Evoltz responsável pelas torres de transmissão que caíram.

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento