Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Indaial alerta produtores sobre casos positivos de raiva em bovinos na região

Indaial alerta produtores sobre casos positivos de raiva em bovinos na região
Foto: Ilustrativa

Foram confirmados dois bovinos com diagnóstico positivo para raiva na Mulde Central em Timbó; Ambos morreram.

O Departamento Regional da Cidasc de Blumenau confirmou dois casos positivos de raiva em bovinos na localidade da Mulde Central, em Timbó. Diante do ocorrido, a Secretaria da Agricultura de Indaial, junto à Cidasc do Município, alerta os produtores da região sobre a importância de vacinar os rebanhos de suas propriedades.

Os animais vacinados pela primeira vez devem receber uma segunda dose 30 dias após a primeira imunização.

Continua depois da publicidade

Misturebas - Anúncio

“A intenção é conter e evitar novos focos da doença. A vacina pode ser adquirida pelo próprio produtor diretamente nas casas agropecuárias”, explica o secretário de Agricultura, Jacir Roni Floriano.

A orientação também é de que os produtores rurais observem seus animais, a fim de detectar possíveis sintomas da doença como: dificuldade de caminhar, salivação excessiva e paralisia. Em casos suspeitos deve-se procurar orientação de um médico veterinário e comunicar o fato no escritório da Cidasc de Indaial pelo telefone (47) 3378-8484.

A raiva não tem cura e pode matar animais e seres humanos, portanto a vacinação é muito importante para prevenção e proteção.

Foto: Prefeitura de Indaial

Casos em Timbó

Nesta sexta-feira, 21 de maio, foram confirmados dois bovinos com diagnóstico positivo para RAIVA em duas propriedades distintas, na localidade de Mulde Central em Timbó/SC. Os animais morreram em um período médio de 6 dias após o início dos sintomas. O médico veterinário da CIDASC, Alison Carlesse Ribeiro realizou necropsia destes animais e encaminhou as amostras para o Laboratório da CIDASC em Joinville, sendo os resultados confirmados.

A Raiva é uma viral neurológica aguda, que acomete todos os mamíferos, inclusive os humanos (zoonose). Trata-se de uma doença com altíssima letalidade, portanto é considerada uma das mais importantes em saúde pública. A transmissão do vírus ocorre, principalmente através da mordedura de morcegos hematófagos (vampiros), cães e gatos contaminados.

LEIA TAMBÉM: Polícia Militar apreende veículo após denúncia anônima em Indaial

Para manter o controle da raiva dos herbívoros no Estado de Santa Catarina, a CIDASC realiza diversas ações. Uma delas é o controle populacional dos morcegos hematófagos da espécie Desmodus rotundus através da captura e tratamento com pasta vampiricida já que estes são os principais transmissores da raiva no meio rural.

Lembramos que os proprietários de bovinos, equinos, cães e gatos, devem vacinar seus animais, pois é a única maneira de prevenir esta doença fatal. Caso houver dúvidas ou suspeita desta doença em animais de produção (bovinos ou equinos), as pessoas podem entrar em contato com a CIDASC de Timbó, através dos telefones: 3399-3101 ou 3399-3192.

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento