Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Balneário Camboriú publica decreto com novas medidas restritivas após estabelecimentos descumprirem medidas

Balneário Camboriú publica decreto com novas medidas restritivas após estabelecimentos descumprirem medidas
Foto: Prefeitura de Balneário Camboriú

Medidas restritivas para diferentes estabelecimentos da cidade no Litoral Norte valem por 14 dias

A prefeitura de Balneário Camboriú, no Litoral Norte catarinense, publicou no fim da tarde de terça-feira, 7 de julho, um decreto com medidas restritivas para locais públicos, bares, restaurantes, hotéis e padarias por causa da pandemia do novo coronavírus.

Entre as restrições está a proibição de uso de narguilé em locais públicos e também privados com acesso ao público, mesmo ao ar livre. Em bares e restaurantes não será permitido ficar em pé dentro do estabelecimento, com exceção de filas para o banheiro, nem aglomeradas em frente a bares.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

Balneário tem 2.181 casos confirmados de Covid-19, incluindo 22 mortes, segundo boletim do estado divulgado na noite de terça-feira.

As medidas valem por duas semanas e foram tomada após mais de 20 bares e similares serem interditados durante a pandemia por descumprirem regras de segurança para evitar a propagação do coronavírus, como o distanciamento social e uso de máscaras, principalmente na região central da cidade.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

Os locais terão de atender com capacidade de 40% da lotação com os clientes sentados, com as mesas distantes pelo menos um metro e meio entre elas, e o atendimento deve ser priorizado por agendamento.

O Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Balneário Camboriú e Região (Sindsol) deve contratar equipes especializadas em saúde para orientar os estabelecimentos sobre as medidas de prevenção contra a Covid-19, tanto entre funcionários quando entre frequentadores.

A cada três dias a Vigilância Epidemiológica da cidade deve ser avisar sobre casos de pessoas com sintomas da doença. Algumas das medidas são novas, como a proibição de narguilé, e outras complementam as regras do Estado e foram estabelecidas junto com as entidades do setor, segundo a prefeitura.

A multa para os estabelecimentos que descumprirem a regra pode chegar a R$ 5 mil e até R$ 10 mil em caso de reincidência.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

O uso de máscaras e disponibilização de álcool em gel devem continuar, assim como horário de funcionamento dos estabelecimento apenas entre 6h e 23h. Bandas e músicos também não podem se apresentar e casas noturnas continuam proibidas de funcionar.

 

Fonte: G1 SC
Compartilhe nas suas redes sociais


Redação Misturebas

Seja o repórter e nos envie fotos e dados!
http://bit.ly/FalecomPORTALMISTUREBAS

Siga nosso instagram
✅ Instagram: instagram.com/portalmisturebas

Participe do nosso grupo no WhatsApp
✅ WhatsApp: http://abre.ai/grupomisturebas
Portal Misturebas – A informação ao seu alcance | 13 anos®


Sugestão de pauta


Mais notícias
Atendimento