Incêndio que levou homem a óbito não foi causado por carregador, aponta perícia

Incêndio que levou homem a óbito não foi causado por carregador, aponta perícia

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a hipótese de explosão de carregador teria sido sugerida pela vítima.

Uma perícia, realizada pelo Corpo de Bombeiros Militar e Instituto Geral de Perícias (IGP) aponta que a causa do incêndio que causou a morte de Emerson Ribeiro de Paula, de 31 anos, não foi explosão do carregador de celular. O resultado da perícia foi divulgado na manhã de terça-feira, 14 de janeiro.

A perícia constatou que no momento do incêndio, nenhum equipamento estava ligado à tomada. Foi apurado também que não houve nenhum dano interno ao carregador ou ao aparelho celular.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a hipótese de explosão de carregador teria sido sugerida pela vítima, quando o incêndio ocorreu, na madrugada do dia 07.

As circunstâncias do incêndio serão avaliadas pela Polícia Civil que, junto ao Laudo emitido pelo IGP, verificará se há possibilidade de ação criminosa.

 

Fonte: ClicRDC | Foto: Corpo de Bombeiros
Compartilhe nas suas redes sociais


Sugestão de pauta

Deixe um comentário.


Receba as novidades no seu email


Mais notícias
Atendimento