Violência Doméstica, Familiar e contra Crianças e Adolescentes é tema de encontro na Secretaria de Educação de Indaial

Violência Doméstica, Familiar e contra Crianças e Adolescentes é tema de encontro na Secretaria de Educação de Indaial

O encontro possibilitou aos participantes conhecer os diferentes tipos de agressão e quais as medidas de prevenção e combate à violência.

O Auditório Municipal de Educação “Professora Elôa Teske Sandri” foi sede nessa segunda, 23, de um encontro sobre Violência Doméstica, Familiar e contra Crianças e Adolescentes. Estiveram reunidos para tratar do tema diretores, orientadores, supervisores e pedagogos das Escolas e Unidades de Educação Infantil; juíza da Vara Criminal; promotor de Justiça; psicóloga policial e da Secretaria de Saúde; conselheiros tutelares; presidente da Subseção da OAB de Indaial e equipe da Secretaria de Educação.

O evento contou com participação do grupo de Teatro, Trapos e Farrapos, da Fundação Indaialense de Cultura, que apresentou o monólogo intitulado “7,2 segundos”.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

A juíza da Vara Criminal, Leila Mara da Silva, discorreu acerca de aspectos relacionados à promulgação da Lei Maria da Penha, como a origem e o objetivo da referida lei e quais as ferramentas legais previstas para auxiliar as mulheres vítimas de violência doméstica e familiar. Ela esclareceu, ainda, quais os canais disponíveis para atendimento às vítimas.

Já o promotor, Guilherme Schimitt, explanou sobre a violência contra a criança e o adolescente sob a perspectiva da justiça.

Continua depois da publicidade

Misturebas - Anúncio

As psicólogas Aline Maiochi Beirão, da Secretaria de Saúde, e Silvia Peres Moraes Silva, da Polícia, também falaram no encontro. Aline abordou a influência das desigualdades de gênero na perpetuação da violência doméstica, como os papéis dos homens e das mulheres são construídos historicamente e de que forma os jovens podem se posicionar para a busca de igualdade de direitos. Já Silvia proferiu sobre a questão da violência contra a criança e o adolescente.

A presidente da subseção da OAB de Indaial, Francielle Packer Jacobsen, apresentou um Projeto intitulado “OAB vai à Escola”.

Após as falas, os representantes das Escolas e UEIs puderam questionar e tirar dúvidas.

O encontro possibilitou aos participantes conhecer os diferentes tipos de agressão e quais as medidas de prevenção e combate à violência, identificar os avanços e conquistas na defesa e proteção das mulheres, diferenciar os encaminhamentos a serem feitos mediante a constatação de uma agressão e apontar caminhos que os gestores, professores e orientadores educacionais podem e devem seguir para denunciar os maus tratos contra crianças e adolescentes.

Continua depois da publicidade

Misturebas - Anúncio

A mulher vítima pode buscar ajuda das seguintes maneiras, 24 horas por dia: Disque 180 – Central de Atendimento à Mulher; Disque 181 – Polícia Civil; Disque 190 – Polícia Militar; Disque 192 – Samu; Disque 193 – Bombeiros; por meio da internet: www.pc.sc.gov.br – link: Delegacia Virtual; ou pessoalmente nas Delegacias de Polícia Civil e no Ministério Público (Promotoria de Justiça).

 

Fonte e Foto: Prefeitura de Indaial
Compartilhe nas suas redes sociais


Sugestão de pauta

Deixe um comentário.


Receba as novidades no seu email


Mais notícias
Atendimento