Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

SC-108 deve ficar totalmente interditada por dois meses, em Guaramirim

SC-108 deve ficar totalmente interditada por dois meses, em Guaramirim

A SC-108 deve ficar totalmente interditada por, pelo menos, mais dois meses em Guaramirim, no Litoral Norte de Santa Catarina, segundo o Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra).

A previsão baseia-se no fato de que parte do morro ainda pode ceder mais, dependendo das condições do tempo.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

O bloqueio da rodovia aconteceu depois que parte do acostamento caiu com as cheias do fim de semana, atingindo casas em cima da localidade conhecida como Vila Freitas.

Segundo o departamento, será preciso reconstruir toda encosta do morro onde passa a rodovia já que existe o risco de a terra ceder ainda mais, por isso a estrutura a ser feita deverá ser de concreto.

Continua depois da publicidade

Misturebas - Anúncio

Nesta terça-feira tivemos uma visão do que cedeu, mas a terra que pode cair não temos nem ideia. Conforme a chuva ou o próprio calor, pode cair muito mais. Para reconstruir barranco e encosta, terá que ser com concreto e não vai ser barato. É uma obra de engenharia pesada. Vai envolver engenheiros de várias pastas, como a de meio ambiente, civil… — explicou Ademir Machado, superintendente Regional do Deinfra, em entrevista.

A orientação do Deinfra é que os motoristas usem rotas alternativas, a rodovia estadual receberá sinalização para orientar os motoristas.

O cronograma da obra está em elaboração, e ainda não tem prazo e nem definição correta. Além do trecho na Vila Freitas, há outro ponto em que houve um deslizamento, entre os quilômetros 33 e 34.

Queda causa soterramentos

Por causa da queda na estrutura, seis casas ficaram completamente soterradas e 25 foram interditadas pela Defesa Civil. Há possibilidade de que o local seja decretado como de situação de alto risco, o que deve impossibilitar a construção de casas em um raio de 100 metros do centro do desastre.

Neste momento, as famílias atingidas pelos deslizamentos estão passando por cadastramento para que a Defesa Civil tenha o levantamento do total de vítimas.

 

Fonte: nsc | Foto: Carlos Junior
Compartilhe nas suas redes sociais


Redação Misturebas

Seja o repórter e nos envie fotos e dados!
WhatsApp Chat: http://abre.ai/grupomisturebas
Instagram: instagram.com/portalmisturebas
Telegram: https://t.me/misturebas

Portal Misturebas – A informação ao seu alcance | 13 anos ®️


Sugestão de pauta


Mais notícias
Atendimento