Categorias
Notícias Policial

Homem tenta atropelar pai e filho em Santa Catarina

Na noite da última quarta-feira (26), por volta das 16h38, a Polícia Militar foi chamada para atender uma ocorrência de lesão corporal. O fato aconteceu na SC-350, no bairro Santa Tereza, em Aurora, SC.

Quando o policiais chegaram ao local, foram abordados por uma caminhonete Amarok, onde o condutor, de 55 anos, disse que era a vítima e que iria registrar a ocorrência na Polícia Civil.

O homem foi orientado a não sair do local para que todos os fatos fossem apurados. O mesmo não obedeceu aos policias e assim, foi preciso retirar as chaves do veículo para que o dono não fugisse do local.

>> LEIA MAIS: Maior obra rodoviária do Brasil segue avançando em SC

Também foi orientado ao homem que se ele resistisse, seria preso por desobediência. Por conseguinte, ele acelerou o carro e não respeitou a ordem de parada, o que fez com que a guarnição precisasse acompanhar o veículo na tentativa de para-lo.

O autor só parou o veículo quando chegou na residência em que mora. Logo depois, ele foi abordado e resolveu cooperar com a polícia.

Por conseguinte, o homem informou aos policiais que teria acontecido uma desavença com um outro homem por conta de um loteamento que tem ao lado da empresa dele, chamada Madesh. De acordo com ele, quando chove, acaba dificultando os trabalhos.

A Polícia voltou ao local da ocorrência e entrou em contato com o outro homem, de 38 anos, que acusou o outro envolvido de ameaçá-lo e injuria-lo varias vezes. Até que o mesmo perdeu a cabeça e acabou agredindo o autor da ocorrência.

Ao fim das agressões, o autor da ocorrência entrou na caminhonete e foi em direção ao outro homem e o filho, de 15 anos, para tentar atropelar ambos. Ele passou com o veículo em cima do pé do adolescente, acabando por causar lesões e logo depois, ainda acabou colidindo com o freezer do posto de combustível.

O proprietário do posto forneceu as imagens, na qual puderam confirmar que o autor da ocorrência realmente tentou atropelar os envolvidos duas vezes.

O homem foi preso pelos crimes de homicídio doloso tentado, Lesão corporal leve dolosa, Desobediência e Ameaça.

 

 

Por Mariana Dutra

Olá, meu nome é Mariana Dutra, tenho 21 anos e sou graduanda em Jornalismo. Sou carioca e futura fotojornalista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.