Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Aumento no preço da gasolina e do gás de cozinha é anunciado pela Petrobras

Aumento no preço da gasolina e do gás de cozinha é anunciado pela Petrobras
Imagem Ilustrativa

O anúncio do reajuste de 7% foi realizado nesta sexta-feira (08).

O gás de cozinha e a gasolina ficarão mais caros a partir deste sábado (09). Um anúncio realizado pela Petrobras nesta sexta-feira (08), informa que haverá mais um reajuste nos preços da gasolina e do gás liquefeito de petróleo (GLP), conhecido como gás de cozinha. Se tratando da gasolina, o valor do litro ficará R$ 0,20 mais caro. Já o quilo do gás de cozinha, subirá R$ 0,26. Sendo assim, o gás de cozinha, com o botijão de 13 kg, sairá das refinarias da estatal com um valor de R$ 50,15 para as distribuidoras.

A gasolina A, sem adição de álcool anidro, terá o preço médio de comercialização da Petrobras. Já para as distribuidoras, passa de R$ 2,78 para 2,98 por litro.

Continua depois da publicidade

Com a mistura obrigatória de 27% de etanol e 73% de gasolina A para a composição da gasolina comercializada nos postos de combustíveis, a parcela da Petrobras no preço da gasolina na bomba passa a ser de R$ 2,18 por litro em média. Segundo a empresa, a variação é de R$ 0,15 por litro.

O preço médio de venda do gás de cozinha da Petrobras, para as distribuidoras, passa de R$ 3,60 para R$ 3,86 por quilo. Há 95 dias, o preço deste produto não passava por um reajuste.

Segundo a avaliação da Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), o aumento da gasolina, após 58 dias de estabilidade, não é suficiente para equiparar os preços da Petrobras aos do mercado internacional, onde o produto e também sua matéria-prima, o petróleo, estão em recorrente valorização.

“Com o aumento anunciado, as janelas para importações continuam muito fechadas”, afirma Sérgio Araújo, presidente da Abicom.

>> LEIA MAIS: Baleia-bicuda encalha em praia de Barra Velha e morre antes de receber atendimento veterinário

Em um comunicado à imprensa, a Petrobras admite que o aumento reflete apenas parte da alta externa. A companhia fala em:

“elevação nos patamares internacionais de preços de petróleo, impactados pela oferta limitada frente ao crescimento da demanda mundial, e da taxa de câmbio, dado o fortalecimento do dólar em âmbito global”.

Com informações do R7

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento