Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Briga de família: Homem é espancado até a morte após atirar no marido da autora das agressões, que revidou ao ver o companheiro baleado

Briga de família: Homem é espancado até a morte após atirar no marido da autora das agressões, que revidou ao ver o companheiro baleado
Foto: PM

O caso ocorreu após uma discussão de família, quando o homem voltou bravo e armado na casa da mulher, em Apiúna.

Por volta da 1h da madrugada deste domingo (3), a Polícia Militar foi acionada para dar apoio ao SAMU e o Corpo de Bombeiros Voluntários de Ibirama na Rua Ribeirão Vinte, município de Apiúna, no Médio Vale do Itajaí. Por lá, houve disparos de arma de fogo e uma pessoa agredida. 

No local, a guarnição colheu o relato de uma senhora, de 38 anos, a qual disse que nesta noite, estava na área de festa da sua casa, juntamente com seu marido e mais alguns familiares, onde, em certo momento, chegou um homem em uma camioneta GM/S10 EXECUTIVE D na frente do seu portão e ficou por volta de (15) minutos fazendo “cavalinho de pau” e buzinando.

Continua depois da publicidade

A esposa do homem que estava no veículo buzinando, é tia do marido da senhora de 38 anos, que apareceu no momento e convenceu ele a sair dali e irem para dentro de casa, a qual fica em frente a casa da senhora. A senhora percebeu que o casal começou a brigar, e de longe disse para ele parar de brigar com a sua esposa, pois ela sofre de problemas mentais. Em uma outra ocasião, a senhora até havia presenciado ele maltratando ela. Em tom de ameaça, o homem que estava no veículo, falou que isso não ficaria assim, que ia sair mas logo voltaria. Posteriormente, saíram os dois do local. 

Passados 20 minutos, ele retornou com a camioneta novamente, sozinho, desembarcando e adentrando ao portão da senhora com um revólver na mão. Ele efetuou 2 disparos para cima e gritou. Neste instante, o marido da senhora foi ao encontro do homem para apaziguar a situação, momento em que o homem atirou 2 vezes em sua direção.

O primo que estava no local, em ato de coragem, foi pra cima do homem e o agarrou, conseguindo tirar o revólver de sua mão. Em ato contínuo, a senhora ao ver seu marido baleado e sangrando no chão, saiu fora de si e foi pra cima do homem que efetuou os disparos, dando chutes e socos. Um dos golpes pegou na garganta dele, vindo a cair e bater com a cabeça no chão. Ela continuou a espanca-lo, e só parou, quando percebeu que a barriga dele não mexia mais ao respirar.

Os familiares e vizinhos chegaram ao local,  momento que a senhora saiu de perto do corpo do homem (agressor) e ligou para o Corpo de Bombeiros e aguardou a chegada deles e da Polícia Militar no local. O revólver foi entregue para o perito, que levou para perícia juntamente com o corpo do homem por volta das 4h30. 

A vítima de disparos da arma de fogo, foi conduzido ao hospital de Ibirama pelos Bombeiros voluntários de Ibirama.

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento