Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Atropelamento em Itajaí deixa duas pessoas feridas

Atropelamento em Itajaí deixa duas pessoas feridas
Foto: Osobystist

O atendimento foi prestado as vítimas ainda no local e depois foram levadas ao hospital.

A guarnição dos bombeiros se deslocaram até a localidade de Cidade Nova em Itajaí, onde foi registrado um atropelamento de pedestre por motocicleta. A ocorrência foi registrada por volta das 14h30 de sábado (18). Chegando ao local, foram identificadas duas vítimas na estrada, onde a guarnição da Polícia Militar já estava no local atendendo a ocorrência.

Os bombeiros prestaram atendimento ao pedestre que encontrava-se alternando entre consciência e inconsciência, apresentando sangramento, nariz fraturado, fratura de tíbia e fíbula, além de escoriações em todo o dorso e membros superiores.

Continua depois da publicidade

>> LEIA MAIS: Acidente de trânsito mata homem na SC 414 em Piçarras

A vítima foi conduzida em estado grave para o Hospital Marietta enquanto os procedimentos de atendimento pré-hospitalar eram realizados no interior da viatura no deslocamento. Foi solicitada a central de emergência que avisasse o Hospital sobre a chegada da vítima, que estava rebaixando nível de consciência ao longo do trajeto.

A outra vítima foi atendida pelos socorristas, que no momento do acidente encontrava-se como condutor da motocicleta. Segundo ele, após o atropelamento o caroneiro removeu o veículo do local, evadindo-se. A vítima conduzida pelos socorristas foi levada ainda estável para a Upa de Cordeiros, com suspeita de fratura em membro inferior direito.

MORTE NO TRÂNSITO

Um estudo do Instituto de Segurança Pública (ISP) e da Coordenadoria de Estatística e Acidentologia mostra que, em 2018, atropelamentos causaram 35% das mortes no trânsito do estado.

Os pesquisadores traçaram o perfil das pessoas acidentadas e constataram que 44,7% dos mortos em atropelamentos tinham mais de 60 anos. Coordenadora de Estatística do ISP, Barbara Caballero, vê avanços na segurança no trânsito, mas avalia que o números de pedestres atropelados ainda aponta para um cenário que requer atenção do Estado.

“Mostra a importância não só da conscientização da população para obedecer as normas de trânsito, mas também pensar em planejamento urbano, em tempo de sinal suficiente para o pedestre atravessar a rua, a localização correta de uma passarela, para evitar expor o pedestre ao risco”, exemplifica.

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento