Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Em áudio, Bolsonaro pede aos caminhoneiros para que interrompam a manifestação

Em áudio, Bolsonaro pede aos caminhoneiros para que interrompam a manifestação
Foto: Alan Santos/PR.

O ministro da infraestrutura, Tarcísio de Freitas, fez um vídeo para confirmar a autenticidade do áudio enviado pelo presidente.

Nesta quarta-feira (08), o presidente Jair Bolsonaro, enviou um áudio a grupos de caminhoneiros e pediu para que estes liberem as rodovias do Brasil. As manifestações, paralisações e bloqueios foram registradas em estradas de pelo menos 13 Estados do país.

No áudio enviado por Bolsonaro, ele apela para que as vias sejam desobstruídas, pois a manifestação realizada pelos caminhoneiros “atrapalha nossa economia”.  E ele reforça que a greve “Provoca desabastecimento, inflação, prejudica todo mundo, em especial os mais pobres”.

Continua depois da publicidade

Bolsonaro afirma que a negociação deve ser deixada sob a responsabilidade do governo, em Brasília.

“Dá um toque nos caras aí para liberar. Deixa com a gente em Brasília aqui agora. Não é fácil negociar com outras autoridades, mas vamos fazer nossa parte, vamos buscar uma solução para isso”.

 

A veracidade do áudio foi confirmada em um vídeo divulgado na noite de quarta pelo ministro da infraestrutura, Tarcísio de Freitas, que reforça o apelo feito pelo presidente da república.

“Esse áudio é real, é de hoje, e mostra a preocupação do presidente com a paralisação dos caminhoneiros. A paralisação ia agravar os efeitos na economia, que ia impactar os mais pobres, os mais vulneráveis. Já temos hoje um efeito no preço dos produtos em função da pandemia”.

>> LEIA MAIS: Poste de energia pega fogo na Avenida Osvaldo Reis em Itajaí

Os bloqueios nas estradas iniciaram durante as manifestações do dia 7 de setembro, convocados por Jair Bolsonaro, e se prolongaram durante os dias. A pauta defendida pelos manifestantes é a defesa do governo federal e ao fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF).

Com informações de O Tempo

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento