Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

MPSC instaura procedimento para investigar itens nazistas vendidos por site de Timbó

MPSC instaura procedimento para investigar itens nazistas vendidos por site de Timbó
Imagem Ilustrativa

O site da loja será investigado pela 2ª Promotoria de Justiça da comarca da cidade

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) instaurou um procedimento para investigar itens vendidos por um site de uma loja em Timbó. Os itens fazem referência ao nazismo.

No site, há disponível entre os objetos um busto de Adolf Hitler emoldurado, típica réplica dos itens ligados à 2ª Guerra Mundial, artigos militares e antiguidades.

Continua depois da publicidade

O nome do procedimento inicial de apuração instaurado pela 2ª Promotoria de Justiça da comarca de Timbó é “A notícia de fato”. Não foram divulgados outros detalhes.

A Lei Federal 7.716/89 diz que é crime “fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo”.

A Polícia Civil usa esta lei como base e concluiu o inquérito em maio, após um homem aparecer em um vídeo balançando uma bandeira nazista em Florianópolis. A bandeira foi apreendida, mas ninguém foi indiciado. A polícia considerou o caso atípico no que está previsto em lei.

No ano passado (2020), um professor que concorria à eleição municipal como vereador no Vale do Itajaí desistiu da candidatura, pois foi reconhecido por ter uma suástica na piscina de casa. O partido pelo qual concorria havia anunciado a expulsão dele, mas ele acabou pedindo o desligamento antes.

 

 

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento