Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Homem será indenizado após ser preso por engano no lugar do irmão em SC

Homem será indenizado após ser preso por engano no lugar do irmão em SC
Foto: Ilustrativa

Ele ficou cinco dias preso indevidamente e receberá uma indenização de R$10 mil.

A 1ª Câmara de Direito Público do TJ confirmou condenação do Estado ao pagamento de indenização por danos morais a homem que foi preso por engano no lugar do irmão em SC. A reparação foi fixada em R$10 mil, valor que deve ser corrigido – conforme adequação daquele órgão julgador – a partir da data do arbitramento.

O autor da ação teve sua prisão indevida decretada por furto qualificado. Isso porque, durante abordagem e posterior auto de prisão em flagrante, o irmão – responsável pelo delito – deu o seu nome à polícia. As autoridades policiais não certificaram com exatidão a identidade do cidadão, e os demais procedimentos seguiram nesta toada.

Continua depois da publicidade

O verdadeiro réu, quando confrontado com a situação, reconheceu ter se passado pelo irmão, pois temia já ter um mandado de prisão aberto contra si. Ele garantiu que o irmão nada sabia sobre sua conduta e que era efetivamente inocente das acusações a que respondia naquele processo. O “engano” custou cinco dias de prisão indevida.

LEIA TAMBÉM: Audiência Pública Eletrônica apresenta metas fiscais de Indaial

O desembargador Luiz Fernando Boller foi o relator da matéria. A decisão foi unânime (Apelação n. 0300712-24.2018.8.24.0039). O município em que os fatos ocorreram não foi divulgado pelo TJSC.

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento