Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Cabeceira da ponte Santos Dumont em Brusque cai com 3 carros

Cabeceira da ponte Santos Dumont em Brusque cai com 3 carros
Cabeceira da Ponte Santos Dumont caída com 3 carros - Foto: Divulgação

Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

Na noite desta quarta-feira, 21 de Abril, por volta das 20 horas, a cabeceira da ponte Santos Dumont, que fica localizada na rua Luiz Gonzaga Werner, bairro Bateas, em Brusque, acabou caindo. Naquele momento, três carros passavam pela ponte e vieram a cair e ficar presos.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para atender a ocorrência e, conforme informações, felizmente ninguém sofreu ferimentos, apenas o susto. Foram deslocados para o local engenheiros e o prefeito de Brusque, Ari Vequi, que acompanham a situação e devem apurar os fatos que levaram a queda da cabeceira.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

Conforme informações do Samae, a adutora que passa sobre a ponte está sendo fechada, mas, o trabalho deve ser lento para que não afete o abastecimento da rede. A Defesa Civil do município também se faz presente para tomar as devidas providências cabíveis. O trânsito ficou interrompido nas proximidades, pois foi registrado um vazamento de gás devido ao rompimento de uma tubulação de baixo da ponte. Os acessos a ponte foram todos isolados.


No local, trabalham Defesa Civil, Celesc, Bombeiros, Polícia Militar e Samae. A comunidade e demais motoristas que necessitam trafegar pela ponte devem usar as rotas alternativas.

Imagem feita pelos bombeiros após atendimento no local.

AS OBRAS NA PONTE

No início deste ano de 2021, a cabeceira da ponte Santos Dumont passou por uma obra de proteção. Segundo a secretária de Infraestrutura, Andrea Volkmann, o serviço precisa ser realizado para dar continuidade na execução da margem esquerda da Beira Rio.

Ainda, segundo Andrea, será feita uma proteção da cabeceira da ponte através do sistema construtivo de hélice contínua.

“A estaca hélice contínua é uma estaca de concreto moldada “in loco”, cuja perfuração consiste na introdução de um trado helicoidal (com tubo vazado central) no terreno até a profundidade determinada no projeto. O objetivo deste sistema é a execução de uma cortina de concreto que servirá de proteção da cabeceira para futuros trabalhos de terraplanagem nas laterais da ponte”, explica Andrea.

Obras na construção da ponte Santos Dumont em Brusque – Foto: Divulgação/Redes Sociais

Antes de ser executada a obra, a prefeitura precisou da autorização da Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGás), pois os tubos da rede passam nas proximidades da ponte.  Clique aqui para conferir o mapa da estação de recebimento de Brusque e Guabiruba, onde mostra a rede passando nas proximidades.

De acordo com o prefeito do município, essa seria a última etapa da obra, onde, posteriormente, iniciaria a pavimentação, construção de calçadas e muros.

 

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga nossas redes sociais
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta


Mais notícias
Atendimento