Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Com doença rara, mulher precisa de ajuda para poder sobreviver em SC

Com doença rara, mulher precisa de ajuda para poder sobreviver em SC
Foto: Divulgação

No começo da doença ela estava grávida, vindo a perder o bebê aos 3 meses de gravidez.

No dia 28 de julho, Noeli Pereira da Silva, paraense, mas morando atualmente em Santa Terezinha/SC, com 35 anos e grávida, começou a ter dores de cabeça. Com o passar dos dias foi piorando. No dia 11 de setembro de 2020, foi internada, precisou de morfina na veia para dor.

No dia 18 de setembro, entrou em coma, precisando de 8 aparelhos ligados para mantê-la viva. No dia 23 de setembro, às 17h, finalizou a cirurgia no cérebro, tirando 4 lesões.

Continua depois da publicidade

Conforme os médicos, seu diagnóstico foi Neurotoxoplasmose e leptomeningite. A neurotoxoplasmose, também chamada por toxoplasmose cerebral, toxoplasmose do sistema nervoso central, é uma infecção no cérebro que ocorre em pessoas com imunidade baixa. É um tipo grave de toxoplasmose e pode ser fatal se não for diagnosticada e tratada adequada e precocemente.

    >>LEIA TAMBÉM:  Estabelecimento de Timbó é arrombado e tem R$ 25  mil furtado de cofre

Depois disso, teve trombose na perna esquerda, bactéria multivalente na urina e no sangue. No dia 28 de setembro, perdeu o seu bebê e precisou fazer raspagem.

No momento Luana, como gosta de ser chamada, encontra-se acamada, precisando de cuidados 24 horas por dia, sem falar, sem se mexer, com traqueostomia e se alimentando por sonda. Seu marido Gilson Popadiuk, de 37 anos, é quem cuida dela com ajuda de enfermeira do município, que está noite e dia dando suporte. A filha de Noeli também está contribuindo nessa luta.

“Hoje já estou esgotado, mas jamais penso em largar ela, é o amor da minha vida, relatou Gilson.”

Gilson conta que precisa de muitos remédios, e hoje como está cuidando de sua esposa 24 horas, não tem como trabalhar e as contas estão apertando. Ele pede para quem puder ajudar, de bom coração, ficará muito grato, pois o seu sonho é ver Luana em pé novamente.

A meta do marido é arrecadar R$50 mil para comprar remédios e demais itens que ela necessite em sua recuperação.  Para ajudar, você pode – clicar aqui – e fazer já a sua contribuição através da Vakinha on line, em prol de Noeli.

 

 

Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento