Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Organismo internacional oferece apoio aos Bombeiros Voluntários de Presidente Getúlio

Organismo internacional oferece apoio aos Bombeiros Voluntários de Presidente Getúlio
Fotos: Adriano Gava/Diário do Alto Vale

A corporação será beneficiada no conjunto de ações que a entidade pretende desenvolver na comunidade local.

Os Bombeiros Voluntários de Presidente Getúlio poderão ser contemplados no projeto de suporte técnico e ajuda humanitária propostos pela Junior Chamber International (JCI) – organização sem fins lucrativos integrada por jovens comprometidos e envolvidos em criar impacto nas suas comunidades, presente em cinco mil localidades de 121 países – aos afetados pelo evento climático de 17 de dezembro quando uma enxurrada afetou o bairro Ribeirão Revólver e Centro da cidade provocando a morte de 18 pessoas. A corporação será beneficiada no conjunto de ações que a entidade pretende desenvolver na comunidade local.

A cooperação da JCI com os Bombeiros Voluntários de Presidente Getúlio começou a ser alinhavada no dia 1º deste mês durante visita do seu vice-presidente mundial, o panamenho Otto Gamboa, e o presidente Nacional, Marco Poffo, a área afetada pelo evento climático. Na última quinta-feira (4.fevereiro), juntamente com os representantes regional e local, Gamboa e Poffo foram recebidos pelo presidente da Associação Corpo de Bombeiros Voluntários em Santa Catarina (ABVESC), Ivan Frederico Hudler, na sede da entidade, em Joinville. “É impressionante como, somente após 46 dias desde a tragédia, o local está se recuperando. Estou impressionado com a vontade da comunidade e o voluntariado,” disse Gamboa. “Queremos ajudar, servir a população.”

Continua depois da publicidade

O presidente nacional da JCI, Marco Poffo, disse que os laços com a corporação do Alto Vale do Itajaí foram estreitados desde dezembro. “Queremos agora maior aproximação com a corporação e com os bombeiros voluntários do Estado, uma vez que a Câmara Júnior também tem atuação forjada no voluntariado,” observou. Segundo ele, uma das propostas da entidade no Brasil é firmar parceria para transferência de tecnologia, via JCI Japão, atualmente a sede mundial da entidade, para atendimento e resgates nos casos de desastres naturais e assim contribuir efetivamente para recuperação das áreas afetas pela enxurrada em Presidente Getúlio. “Entendemos que os bombeiros voluntários possuem apoio de extrema relevância”, destacou.

O presidente da ABVEC, por sua vez, destacou a importância das 31 corporações de bombeiros voluntários em Santa Catarina no atendimento às ocorrências de urgência e emergência, na área de bombeiro civil urbano – no ano passado, foram 67.645 chamados – em 50 municípios. “Os voluntariado, tanto dos bombeiros quanto da JCI, o Estado precisa abraçar”, disse. “O Brasil precisa avançar nesse aspecto, uma vez que é mais eficiente e viável economicamente. É um modelo que precisamos preservar.”

LEIA TAMBÉM: Idosos a partir dos 90 anos começam a ser vacinados em Timbó

A visita do vice-presidente mundial e presidente nacional JCI à corporação de Presidente Getúlio e a ABVESC integrou um roteiro pelo Estado e país para divulgar a estratégia de trabalho conjunto visado recuperação das comunidades no cenário pós-pandemia do coronavírus Sars-Cov-2. Segundo Gamboa, o foco da campanha é saúde e desenvolvimento econômico. Para tanto, incentivam o consumo e o empreendedorismo locais, bem como as ações de saúde mental. “Se precisa ajudar a todos a sair juntos dessa pandemia, de mãos dadas.”

 

Fonte: ABVESC – Associação dos Bombeiros Voluntários no Estado de Santa Catarina
Compartilhe nas suas redes sociais


Siga as redes sociais do Portal Misturebas
Instagram: Clique aqui ✅ Telegram: Clique aqui
✅ Facebook: Clique aqui  ✅ Youtube: Clique aqui


Sugestão de pauta

Mais notícias
Atendimento