Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Após comemorar gol tirando a roupa, jogador recebe gancho de oito jogos

Após comemorar gol tirando a roupa, jogador recebe gancho de oito jogos
Foto: Gabriel Farias

Segundo Emerson, o ato foi um desabafo, e o que fez ele perder a cabeça no momento do gol, foi a comissão técnica do clube rival.

Emerson Carioca foi o herói do acesso do Sampaio Corrêa-RJ, na Série B1 do Campeonato Carioca, mas no momento do gol que classificou o time para a “primeira divisão” da competição, ele não segurou a empolgação e tirou a roupa na comemoração. Punido pelo ocorrido, ele foi suspenso em oito jogos pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro.

O atleta foi punido em duas partidas no artigo 258 do CBJD, por assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva, e seis pelo artigo 257, por participar de rixa, conflito ou tumulto, durante o jogo.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

Segundo Emerson, o ato foi um desabafo, e o que fez ele perder a cabeça no momento do gol, foi a comissão técnica do clube rival, Maricá, que “vinha o difamando, chamando-o de gordo, alcoólatra, macaco gordo. E que ficou chateado com ocorrido”.

Veja a decisão do TJD-RJ

“Por unanimidade de votos, suspenso o 6º denunciado, em 02 (duas) partidas, quanto à imputação do art. 258 do CBJD; ainda por unanimidade de votos, suspenso o denunciado em 06 (seis) partidas, quanto à imputação do art. 257 do CBJD; e por unanimidade de votos, absolvido o denunciado nos arts. 243-F e 254-A do CBJD”.

Por fim, relembre o que o jogador falou em entrevista, logo após o caso que aconteceu em 9 de dezembro de 2020.

“Eu quero pedir perdão à torcida do Sampaio Corrêa, meus companheiros, assim como aos jogadores do Maricá, torcida, e a todos os amantes do futebol. Me arrependo profundamente do que aconteceu. Fui muito provocado no primeiro jogo e também agora nesse segundo. O pessoal que estava na arquibancada estava me xingando, falando um monte de besteira de mim, e extravasei naquele momento. Não foi nada premeditado, por isso, venho aqui e reconheço minha falha e peço perdão a todos”, disse pela assessoria do clube.

“Ali foi emoção total, não deu para segurar a emoção. Porém, errei. Eu esperava que estaria de cueca (risos), aí aconteceu isso aí”, falou o jogador.

 

Com Informações Globo Esporte
Compartilhe nas suas redes sociais


Redação Misturebas

Seja o repórter e nos envie fotos e dados!
WhatsApp Chat: http://abre.ai/grupomisturebas
Instagram: instagram.com/portalmisturebas
Telegram: https://t.me/misturebas

Portal Misturebas – A informação ao seu alcance | 13 anos ®️


Sugestão de pauta


Mais notícias
Atendimento