Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Homem é preso em flagrante por desacato e injuria a policiais em Ascurra

Homem é preso em flagrante por desacato e injuria a policiais em Ascurra

Além destes crimes supracitados, o homem responderá ainda por injuria preconceituosa, desobediência, ameaça e resistência.

Por volta das 14h30 desta quinta feira, 21 de janeiro, policiais lotados no Setor de Investigação Criminal da Comarca de Ascurra prenderam em flagrante um homem em virtude da prática dos crimes de desacato, desobediência, resistência, injúria preconceituosa, injúria e ameaça, todos previstos no Código Penal.

Os policiais civis haviam se deslocado até uma residência no bairro Ilse, cidade de Ascurra, para realizar a intimação de um homem de iniciais;, R.D, que seria ouvido como suspeito em um procedimento de ameaça contra seu ex-funcionário, mas ao chegarem no local os policiais foram recebidos pelo conduzido completamente alterado em virtude de ingestão de bebidas alcoólicas.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

Assim que foi informado da intimação R.D passou a ofender os policiais, tendo inclusive chamado um deles de “preto nojento”. Prosseguiu o conduzido dizendo que não assinaria nenhuma intimação e que a polícia civil era um lixo e que acabaria com a carreira dos policiais civis que lá estavam, falando que os policiais estavam “fodidos”.

Diante dos fatos acima narrados foi dada voz de prisão a R.D que se recusou a ser algemado e resistiu para não ser colocado na viatura policial, nesse momento foi necessário fazer uso moderado da força para fazer com que o conduzido entrasse na viatura e fosse trazido até a delegacia de polícia.

Na delegacia R.D continuou a praticar os crimes de desacato, injúria e ameaça, dizendo que os policiais estavam “fodidos”, que a viatura era ilegal, S-10 caracterizada e que os policiais não sabiam com quem estavam mexendo porque eram uns lixos.

LEIA TAMBÉM: Governo do Estado recebe 8,5 milhões de agulhas para campanhas de vacinação

Devido a situação flagrancial fora dada voz de prisão ao investigado R.D pelos crimes acima narrados, sendo realizada a lavratura do Auto de Prisão em Flagrante perante o Delegado de Polícia Civil Dr. Bruno Fernando Alves de Oliveira, ficando assim à disposição do Poder Judiciário da Comarca de Ascurra.

Compartilhe nas suas redes sociais


Redação Misturebas

Seja o repórter e nos envie fotos e dados!
WhatsApp Chat: http://abre.ai/grupomisturebas
Instagram: instagram.com/portalmisturebas
Telegram: https://t.me/misturebas

Portal Misturebas – A informação ao seu alcance | 13 anos ®️


Sugestão de pauta


Mais notícias
Atendimento