Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Prefeitos afirmam que vacinação contra Covid-19 deverá iniciar dia 20 de janeiro

Prefeitos afirmam que vacinação contra Covid-19 deverá iniciar dia 20 de janeiro
Reunião com prefeitos | Foto: Reprodução

A data ainda depende da aprovação da Anvisa para o uso emergencial das vacinas Coronovac e da Astrazeneca

Por volta das 15h30 desta quinta-feira, 14 de janeiro, um avião da empresa área Azul decolou do aeroporto de Viracopos, em Campinas/SP, com o objetivo de buscar na Índia dois milhões de doses da vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca/Oxford.

Conforme divulgado pelo Ministério da Saúde, a rota de ida inclui uma parada em Recife (PE), onde o avião partirá para a cidade indiana de Mumbai, em uma viagem de 12 mil km e com cerca de 15 horas de duração, às 23h desta sexta-feira, dia 15.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

A data de retorno do avião ao Brasil, com a carga de vacinas estimada em 15 toneladas, ainda está sendo avaliada de acordo com o andamento dos trâmites da operação de logística feita pelo Governo Federal em parceria com a Azul. O pouso está previsto para ocorrer no Aeroporto Internacional do Galeão (RJ).

Uma reunião entre o Ministério da Saúde e mais de 130 Prefeitos ocorreu nesta quinta-feira. Logo após o término da reunião, diversos prefeitos divulgaram que a data para início da vacinação está prevista para ocorrer no dia 20 de janeiro, porém, a data ainda depende da aprovação da Anvisa para o uso emergencial das vacinas Coronovac e da Astrazeneca.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

O Prefeito de Curitiba, Rafael Greca, foi um dos que se pronunciaram referente ao início da vacinação. “Em Curitiba, vamos vacinar primeiro os grupos prioritários. Os 70 mil profissionais de saúde, e todos os idosos de Curitiba, que são perto de 300 mil pessoas”, afirmou o prefeito.

Em entrevista, o presidente da Frente Nacional dos Prefeitos, Jonas Donizete, repassou algumas informações referente o andamento da situação.

LEIA TAMBÉM: Santa Catarina registra crescimento de 11,1% na produção industrial

Segundo Donizete, inicialmente cerca de cinco milhões de brasileiros serão vacinados, desdes dois milhões com doses da farmacêutica AstraZeneca e os outros três milhões com doses da vacina CoronaVac.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

Ainda de acordo com ele, a campanha de vacinação seguirá um plano estratégico pensado na aplicação da segunda dose, sendo que, se uma prefeitura receber mil doses da vacina, deverá aplicar 500 e guardar as outras 500 para a aplicação da segunda dose, que ocorre após 21 dias da primeira aplicação. Inicialmente será priorizada a vacinação de profissionais de saúde e idosos.

 

Conforme o Ministro Pazuello teria informado durante a reunião, a previsão de doses que o país terá nos próximos meses é acumulativa, sendo que, em janeiro o Brasil deverá ter 8 milhões de doses, fevereiro 30 milhões e em abril 80 milhões. Ainda segundo ele, a maioria das cidades já tem a quantidade suficiente de agulhas e seringas para o início da vacinação.

Compartilhe nas suas redes sociais


Redação Misturebas

Seja o repórter e nos envie fotos e dados!
WhatsApp Chat: http://abre.ai/grupomisturebas
Instagram: instagram.com/portalmisturebas
Telegram: https://t.me/misturebas

Portal Misturebas – A informação ao seu alcance | 13 anos ®️


Sugestão de pauta


Mais notícias
Atendimento