Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Drone é testado na aplicação de herbicidas em lavoura de Rio dos Cedros

Drone é testado na aplicação de herbicidas em lavoura de Rio dos Cedros
Foto: Prefeitura Rio dos Cedros

A nova tecnologia de aplicação com o aparelho que é controlado por GPS, consegue carregar em torno de 16 litros do produto e pulverizar 1,8 hectares em 10 minutos

DE VOLTA PARA O FUTURO

Eu não estava aqui, quando em meados da década de 1970, chegaram os primeiros microtratores.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

Mas posso bem imaginar o entusiasmo dos agricultores que, acostumados a lavrar a terra com tração animal, viam o futuro chegar ao município.

De igual forma, presenciamos uma nova tecnologia chegar às lavouras. O drone.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

Hoje, na propriedade do Sr. Luizinho Vasselai, no Caravaggio foi feita a primeira aplicação de herbicida com o uso deste pequeno aparelho.

Este drone, da empresa AGRIZE, que é controlado totalmente por GPS, chega a carregar em torno de 16 litros do produto e pulveriza 1,8 hectares em 10 minutos.

Depois de reabastecido e trocada a bateria, parte para um novo trecho. Os técnicos apenas mapeiam o terreno e abastecem o equipamento, o resto é por conta do “aviãozinho” que identifica os limites da lavoura e liga e desliga os pulverizadores.

O drone aplica diversos insumos e serve para todas as culturas. O custo da aplicação é igual ao feito por trator, porém com inúmeras vantagens, entre elas a economia de defensivos, precisão, rapidez e sem danificar o que está plantado.

Outro trabalho que o aparelho faz é fotografar e identificar a fertilidade do solo, ou seja, onde falta adubo, qual a quantidade e o momento adequado para adubar. A EPAGRI fez esta experiência na propriedade do Sr. Juvito Menestrina, no Rio Ada.

Foram 8 tipos diferentes de adubação.O drone fotografou a arrozeira e revelou o melhor resultado.

Este entusiasmo comentado antes, eu vi nos olhos do pequeno Lucas, netinho do Sr. Angelim Dalagnolo, que já está economizando sua mesada para comprar o seu drone.

Na verdade, as futuras gerações só ficarão na agricultura se houver muita tecnologia envolvida.

 

Fonte: Prefeitura Rio dos Cedros
Compartilhe nas suas redes sociais


Redação Misturebas

Seja o repórter e nos envie fotos e dados!
http://bit.ly/FalecomPORTALMISTUREBAS

Siga nosso instagram
✅ Instagram: instagram.com/portalmisturebas

Participe do nosso grupo no WhatsApp
✅ WhatsApp: http://abre.ai/grupomisturebas
Portal Misturebas – A informação ao seu alcance | 13 anos®


Sugestão de pauta


Mais notícias
Atendimento