Santa Catarina terá unidade prisional para servidores públicos e advogados

Santa Catarina terá unidade prisional para servidores públicos e advogados

O principal motivo para a abertura da nova cadeia, de acordo com a SAP, é o crescente número de servidores públicos presos.

A secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) de Santa Catarina trabalha para abrir uma unidade prisional destinada a receber servidores públicos que atuaram em atividades policiais e advogados. Atualmente, quando há prisões de pessoas que se encaixam nestes perfis, elas são levadas para uma ala da penitenciária da Agronômica, em Florianópolis, independentemente da região onde ocorreram os fatos investigados.

O principal motivo para a abertura da nova cadeia, de acordo com a SAP, é o crescente número de servidores públicos presos. O secretário da pasta, Leandro Soares Lima, descarta a construção de um prédio novo.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

A cadeia ocupará uma estrutura já existente. Dentro do espaço estão previstas em torno de 50 vagas. A SAP não revela o local onde ficará a unidade, mas deve ser fora da Grande Florianópolis.

Segundo a secretaria, será unidade padrão, com estrutura e rotina do sistema prisional. Não haverá celas especiais porque elas são destinadas a portadores de deficiência e já existem em todo o sistema. Nos prédios mais antigos houve uma adaptação e, nas novas unidades, já estão previstas nos projetos.

 

Fonte: NSC | Por Ânderson Silva | Foto: Salmo Duarte/A Notícia
Compartilhe nas suas redes sociais


Sugestão de pauta

Deixe um comentário.


Receba as novidades no seu email


Mais notícias
Atendimento