Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Ministério Público investiga denúncia de irregularidades na obra do Parque das Itoupavas, em Blumenau

Ministério Público investiga denúncia de irregularidades na obra do Parque das Itoupavas, em Blumenau

O Ministério Público (MP) estadual iniciou um inquérito civil para investigar supostas irregularidades na construção do Parque das Itoupavas, junto à BR-470 na região Norte de Blumenau. O titular da 14ª Promotoria de Justiça, Gustavo Mereles Ruiz Diaz, recebeu denúncia por meio da Ouvidoria e de fotos que mostram equipamentos quebrados, provavelmente graças à ação de vândalos. Segundo ele, não há notícias sobre a entrega oficial da obra por parte da empreiteira e, apesar da aparente conclusão do parque, o espaço está abandonado.

Olhando como está, vai custar caro para colocar nos trilhos de volta — diz o promotor.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

O Ministério Público já enviou recomendação ao prefeito Mário Hildebrandt pedindo providências para evitar que a situação piore. Enquanto isso o MP vai investigar quem é o responsável pelo abandono do local, que custou cerca de R$ 4 milhões.
A obra foi finalizada em meados de 2018 e até agora não foi inaugurada ou entregue à comunidade.

Outro problema a ser investigado é o aditivo que aumentou o custo da obra em 40%. Segundo Diaz, o permitido é fazer um aditivo de até 25%.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

O que diz a prefeitura

O secretário de Infraestrutura da prefeitura de Blumenau, Alexandro Fernandes, diz que a obra foi concluída pela empresa contratada, mas ainda não foi oficialmente entregue. Falta uma vistoria do BRDE, banco que financiou a construção do parque por meio do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam), criado pelo governo estadual.

Sobre o aditivo de 40%, Fernandes diz que tudo foi feito após consulta ao Tribunal de Contas do Estado (TCE). Quando ficou claro que a obra precisaria de um complemento, a prefeitura teria avaliado, juntamente com o TCE, se era caso de abrir uma nova licitação ou fazer o aditivo ao contrato firmado.

A decisão de manter o parque fechado, mesmo após a conclusão da obra, foi da prefeitura. Devido às obras de duplicação da BR-470 no entorno da área, não há condições de acesso à área e nem garantia de segurança para as pessoas que circulariam pelo local.

O secretário sabe que há vandalismo e até pediu que alguns equipamentos fossem retirados para evitar prejuízo maior. Segundo ele, há monitoramento temporário, mas a manutenção não é feita por que seria dinheiro jogado fora. Os reparos e a manutenção necessárias para a abertura do parque só serão providenciados quando a obra no entorno chegar a um estágio que garanta o acesso e a segurança das pessoas.

 

Fonte: nsc/Por Pancho | Foto: Pancho
Compartilhe nas suas redes sociais


Redação Misturebas

Seja o repórter e nos envie fotos e dados!
WhatsApp Chat: http://abre.ai/grupomisturebas
Instagram: instagram.com/portalmisturebas
Telegram: https://t.me/misturebas

Portal Misturebas – A informação ao seu alcance | 13 anos ®️


Sugestão de pauta


Mais notícias
Atendimento