Categorias
Notícias Policial

Pescadores catarinenses são presos na Espanha

Na quarta-feira, 19 de janeiro, pescadores catarinenses foram presos pela polícia na Espanha. Os três catarinenses seriam de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de SC. Eles estavam em um barco com outros três brasileiros e um francês.

A embarcação com nome de Mestre Doca I possuía a bandeira do Brasil e era de Guaratuba, no Paraná. A abordagem aconteceu à Oeste da Costa do Marrocos e as prisões foram divulgadas pela polícia da Espanha na sexta-feira, dia 21.

Conforme informações da Polícia da Espanha, a embarcação brasileira foi interceptada por membros da Guarda Civil, em uma operação conjunta com a Polícia Nacional e a Vigilância Aduaneira da Agência Fiscal. A embarcação suspeita, ao detectar a presença de agentes da Vigilância Aduaneira, efetuou manobras evasivas e fugiu, o que aumentou as suspeitas de que estaria realizando alguma atividade ilegal. O navio de pesca de 19 metros de comprimento estava a cerca de 230 milhas náuticas a norte das Ilhas Canárias.

LEIA TAMBÉM: Adolescente de 15 anos foi apreendido com drogas em Blumenau

No momento da abordagem, os agentes encontraram um número significativo de malas habitualmente utilizadas para o tráfico de cocaína, sendo que, haviam cerca de 560 quilos de cocaína. Nesse momento, foram detidos os sete tripulantes do barco, seis brasileiros e um francês, bem como, a apreensão do navio, que foi transferido para o porto de Santa Cruz de Tenerife.

A operação foi dirigida e coordenada pela Promotoria Antidrogas do Tribunal Superior Nacional.

Por Rodrigo Stolf

Rodrigo Stolf, 23 anos, rodeense. Jornalista atuante desde 2017.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.