Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Governo de SC assina termo de adesão e garante recursos adicionais para o Programa das Escolas Cívico-Militares

Governo de SC assina termo de adesão e garante recursos adicionais para o Programa das Escolas Cívico-Militares
Foto: Divulgação / SED

A partir deste ano, essas três unidades da rede estadual estão se adequando ao modelo das escolas cívico-militares

A Escola de Educação Básica Irene Stonoga, de Chapecó, receberá recursos adicionais do Governo Federal para adequar a unidade ao modelo das unidades cívico-militares. Com esse acréscimo, o investimento federal na escola será de R$ 652 mil, com recursos repassados pelo Plano de Ações Articuladas (PAR), a partir do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

A governadora Daniela Reinehr também assinou o termo de adesão de Santa Catarina ao Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares. O documento inclui outras duas escolas cívico-Militares na rede estadual catarinense: a EEB Emérita Duarte Silva e Souza, em Biguaçu, e a EEB Professor Ângelo Cascaes Tancredo, em Palhoça.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

“A assinatura deste documento junto ao MEC, algo que era aguardado para formalizar a adesão de Santa Catarina ao modelo cívico-militar, é mais um passo para continuarmos investindo nessa modalidade e na formação educacional, ética e moral dos nossos estudantes”, destacou a governadora Daniela Reinehr.

A partir deste ano, essas três unidades da rede estadual estão se adequando ao modelo das escolas cívico-militares. Com a adesão, a unidade de ensino tem apoio de militares na gestão e em atividades cotidianas para que a equipe pedagógica possa se dedicar ao processo de ensino.

Investimentos estaduais em livros e mobiliários

Além dos recursos que serão recebidos pelo PAR, a Secretaria de Estado da Educação investiu em mobiliário novo e materiais pedagógicos para melhorar ainda mais o ambiente escolar e a infraestrutura da unidade de Chapecó. Nas salas de aula, foram entregues 100 conjuntos aos alunos, com cadeiras e carteiras, e 10 armários escolares.

O colégio também recebeu sete sofás e 15 bancos, além de 13 meses e 21 cadeiras para uso do setor administrativo, com investimento de R$ 36,9 mil. Para estimular o aprendizado e a leitura dos alunos, ainda foram entregues 1.396 livros para compor a biblioteca da escola.

“As ações nas escolas cívico-militares não pararam e, com essa formalização, temos o respaldo que precisávamos para termos a estrutura necessária, sermos contemplados com recursos e darmos sequência nas atividades com qualidade e responsabilidade para que Santa Catarina seja referência em mais essa atuação”, ressaltou o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni.

 

 

Fonte: Governo de Santa Catarina
Compartilhe nas suas redes sociais


Redação Misturebas

Seja o repórter e nos envie fotos e dados!
WhatsApp Chat: http://abre.ai/grupomisturebas
Instagram: instagram.com/portalmisturebas
Telegram: https://t.me/misturebas

Portal Misturebas – A informação ao seu alcance | 13 anos ®️

publicidade

AGWP

Sugestão de pauta


Mais notícias
Atendimento