Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

MPSC condena 16 pessoas por tráfico de drogas após Operação Peito de Aço

MPSC condena 16 pessoas por tráfico de drogas após Operação Peito de Aço
Foto: MPSC | 02/2020

Grupo trazia drogas em caminhões do Mato Grosso do Sul para Santa Catarina e Rio Grande do Sul

A Operação Peito de Aço, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) em fevereiro deste ano, resultou em 16 pessoas condenadas pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, lavagem de dinheiro, coação no curso do processo e porte ilegal de arma. As penas aplicadas somam 269 anos, 1 mês e 29 dias de reclusão.

A investigação teve início por um procedimento de investigação criminal instaurado pela 2ª e 4ª Promotorias de Justiça de São Miguel do Oeste, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa especializada no transporte de grande quantidade de drogas em fundos falsos de caminhões e junto às cargas.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

As ações penais decorrentes de seis meses de investigação demonstraram que as drogas basicamente vinham da cidade de Ponta Porã/MS e arredores e tinham como destino o litoral catarinense e o Rio Grande do Sul, por vezes com entrepostos em cidades do Paraná e Santa Catarina.

Na operação, foram cumpridos cinco mandados de prisão preventiva, nove mandados de prisão temporária e 21 mandados de busca e apreensão nas Comarcas de São Miguel do Oeste, Descanso, Campos Novos, Catanduvas, Cunha Porã, Joaçaba e Rio do Campo, além de cidades nos estados do Paraná, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

LEIA TAMBÉM: Homem desaparecido é encontrado pela Polícia Militar, em Blumenau

Na investigação foram apreendidos ainda 1.519,4 quilos de drogas (maconha, cocaína e haxixe), totalizando cerca de R$ 1,5 milhão, e uma arma de fogo com acessórios no valor aproximado de R$ 20 mil. Com o julgamento das ações, foi decretado o perdimento de cinco caminhões, três semirreboques e dois reboques, com valor aproximado de R$ 544 mil.

As sentenças penais são passíveis de recurso.

 

Fonte: MPSC
Compartilhe nas suas redes sociais


Redação Misturebas

Seja o repórter e nos envie fotos e dados!
WhatsApp Chat: http://abre.ai/grupomisturebas
Instagram: instagram.com/portalmisturebas
Telegram: https://t.me/misturebas

Portal Misturebas – A informação ao seu alcance | 13 anos ®️

publicidade

AGWP

Sugestão de pauta


Mais notícias
Atendimento