Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Pai e filho sofrem queda do telhado de oficina mecânica em Papanduva

Pai e filho sofrem queda do telhado de oficina mecânica em Papanduva

Uma das vítimas o filho, acabou caindo de uma altura de aproximadamente 8 metros, e o pai no intuito de ajudar, também veio a cair, mas de 4 metros de altura, sendo que ambos ficaram feridos

Por volta das 08h53 desta terça-feira, 10 de novembro, o Corpo de Bombeiros atendeu a uma ocorrência em que dois homens tinham sofrido uma queda de nível na empresa em que trabalhavam, Oficina Bom Jesus, localizado as margens da rodovia BR-116, Km-52,5, bairro Industrial em Papanduva SC.

No local a guarnição se deparou-se com com os dois homens sendo pai e filho, que sofreram queda de nível do telhado do barração na oficina que trabalhavam.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

Na chegada dos bombeiros encontrou o filho de 31 anos, consciente, orientado, sinais vitais estáveis, deitado, amparado por funcionários da oficina.

Segundo informações, o mesmo sofreu uma queda de aproximadamente 08 metros de altura enquanto estava consertando o telhado de telhas de fibrocimento.

Após avaliação, foi constatado suspeita de fratura fechada em clavícula e escápula do lado direito. Após procedimentos de atendimento pré-hospitalar e imobilização em maca rígida com colar cervical, a vítima foi conduzido ao hospital São Sebastião para atendimento médico.

Também foi atendido o pai de 53 anos, consciente, confuso, sinais vitais alterados, deitado em decúbito dorsal no chão do mezanino do barração, amparado por funcionários.

Segundo informações, o senhor, pai da vítima que havia sofrido a primeira queda, relatou que, quando percebeu que seu filho caiu, foi rapidamente querer ajudar e, acabou sofrendo uma queda de aproximadamente 04 metros de altura.

Após avaliação, foi constatado suspeita de fratura fechada em membro superior direito (Rádio e Ulna), suspeita de fratura fechada em arcos costais do lado direito, contusão em região lombar e escoriações na face (septo nasal e região zigomática).

LEIA TAMBÉM: Celesc realiza seletiva para projetos nas áreas de cultura e esporte até 16 de novembro

Após procedimentos de atendimento pré-hospitalar, imobilização e protocolado em maca rígida com colar cervical, foi conduzida ao Hospital São Sebastião para atendimento médico.

 

Fonte: D+News
Compartilhe nas suas redes sociais


Redação Misturebas

Seja o repórter e nos envie fotos e dados!
WhatsApp Chat: http://abre.ai/grupomisturebas
Instagram: instagram.com/portalmisturebas
Telegram: https://t.me/misturebas

Portal Misturebas – A informação ao seu alcance | 13 anos ®️

publicidade

AGWP

Sugestão de pauta


Mais notícias
Atendimento