Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Inquérito Civil apura irregularidade no pagamento da criação de logomarca do Hospital Beatriz Ramos de Indaial

Inquérito Civil apura irregularidade no pagamento da criação de logomarca do Hospital Beatriz Ramos de Indaial

Processo foi instaurado no dia 19/10/2020 e segue em andamento junto ao Ministério Público

Segue em andamento junto ao Ministério Público, o processo 06.2020.00004512-8 – IC – Inquérito Civil, que visa apurar uma irregularidade na emissão do empenho n. 714/2020, destinado ao pagamento de serviço de criação de logomarca do Hospital Beatriz Ramos de Indaial.

O processo teve a data de instauração no dia 19 de outubro de 2020, junto a 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Indaial, com seu representante Diego Pandini e interessado Manoel Felipe Boaventura, que é chefe de gabinete do prefeito de Indaial e Prefeitura Municipal de Indaial.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

Entenda o Caso:

No dia 27 de janeiro de 2020, foi divulgado no Portal da Transparência da Prefeitura de Indaial, o Empenho nº 714/2020 com Processo Digital 891/2020 e Ordem de Compra 360-0/2020.

Seu histórico era de JOB: Hospital Beatriz Ramos, referente: Logomarca Criação e Arte Final e proposta 878, e constava o valor de R$ 30.077,26 conforme print de tela.

Página oficial do Portal da Transparência da PMI – 03/02/2020

Na ocasião, foi divulgado um print de tela do Portal de Transparência e, as pessoas que divulgaram, passaram como falsos, e o print foi acusado como FAKE NEWS pelo Sr. André Moser, atual Prefeito de Indaial, conforme print de tela da divulgação em sua rede social.

Rede social do Prefeito de Indaial, André Moser – 28/10/2020

André Moser ainda havia divulgado que a criação da Logomarca teria sido uma doação feita pela agência que atende a Prefeitura de Indaial.

Diante dos fatos, o processo em andamento e conforme informações, os envolvidos começaram a serem ouvidos e o processo seguirá adiante.

LEIA TAMBÉM: Denúncias contra direitos humanos podem ser feitas via WathsApp

Portal MPSC – 28/10/2020

O Portal Misturebas entrou em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Indaial, que informou que emitirá uma nota referente ao caso, sendo posteriormente divulgado aqui nesta matéria.

Fonte: Vale Mais Notícia
Compartilhe nas suas redes sociais


Redação Misturebas

Seja o repórter e nos envie fotos e dados!
WhatsApp Chat: http://abre.ai/grupomisturebas
Instagram: instagram.com/portalmisturebas
Telegram: https://t.me/misturebas

Portal Misturebas – A informação ao seu alcance | 13 anos ®️

publicidade

AGWP

Sugestão de pauta


Mais notícias
Atendimento