Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Autor de homicídio no Margem Esquerda se entrega a Polícia, em Gaspar

Autor de homicídio no Margem Esquerda se entrega a Polícia, em Gaspar

Os tiros que atingiram a vítima, tinham como alvo outro homem que estava no mesmo carro

A Polícia Civil de Gaspar cumpriu um mandado de prisão temporária em desfavor de um homem de 32 anos. Ele se apresentou na delegacia na tarde de segunda-feira, 26 de outubro, informando ser o assassino de Jean Carlo Tonholi, morto por engano após ser atingido por dois disparos de arma de fogo no dia 11 de outubro.

O assassino se apresentou junto de um advogado. Ele vai responder pelo crime de homicídio e a prisão temporária é de 30 dias.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

Lembre o caso

Na tarde de 11 de outubro, Jean foi atingido por dois disparos de arma de fogo quando estava no interior de um veículo Astra. O crime aconteceu na rua Albertina Maba no bairro Margem Esquerda, em Gaspar, e os tiros atingiram a cabeça e o ombro da vítima.

No momento em que o Corpo de Bombeiros de Gaspar e o Samu chegaram ao local, Jean estava inconsciente. Ele recebeu os primeiros socorros ainda no local do crime e foi levado em estado grave ao hospital. Ele faleceu dois dias depois.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

Os tiros que atingiram Jean tinham como alvo outro homem, amigo da vítima.

O crime aconteceu após o criminoso deixar as filhas na casa da ex. chegando ao local, ele se deparou com a mulher e o atual namorado. Incomodado com a situação, enviou mensagens ameaçadoras pelo aplicativo WhatsApp. Com medo da situação, o atual namorado chamou o amigo, Jean, para que ele lhe desse uma carona até em casa.

No momento em que iam embora, já na BR-470, Jean e o amigo se depararam com o autor dos disparos e voltaram à residência da mulher para acionar a Polícia Militar. O criminoso, porém, seguiu para o mesmo local em alta velocidade e atirou contra quem estava no carro. Os tiros atingiram Jean.

LEIA TAMBÉM: PRF apreende mercadorias vindas do Paraguai na região da divisa de Mafra/SC e Rio Negro/PR

Em depoimento à polícia, o assassino confessou que atirou por ciúmes. Ele estava foragido até esta segunda-feira, quando se entregou. O nome do assassino não foi informado.

 

Fonte: Cruzeiro do Vale
Compartilhe nas suas redes sociais


Redação Misturebas

Seja o repórter e nos envie fotos e dados!
WhatsApp Chat: http://abre.ai/grupomisturebas
Instagram: instagram.com/portalmisturebas
Telegram: https://t.me/misturebas

Portal Misturebas – A informação ao seu alcance | 13 anos ®️

publicidade

AGWP

Sugestão de pauta


Mais notícias
Atendimento