Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Mulher reage a assalto em farmácia e bate em ladrão, em Araquari

Mulher reage a assalto em farmácia e bate em ladrão, em Araquari
Foto: Reprodução

“Eu achei que era uma brincadeira, depois que as meninas foram lá pra trás é que eu vi que era um assalto mesmo”, conta Lisiane

Um assalto em Araquari, no Norte de Santa Catarina, terminou de forma dolorosa para o criminoso, na terça-feira (13). Ao tentar assaltar uma farmácia, uma das vítimas reagiu e o acertou diversas vezes com uma banqueta. O ladrão acabou preso horas depois pela Polícia Militar.

A técnica em enfermagem Lisiane Gaspar explica que estava aproveitando o seu horário de almoço para comprar alguns produtos na farmácia, quando um homem encapuzado entrou no comércio e anunciou o assalto.

As câmeras do circuito interno registraram toda a ação: o criminoso chega ao local e manda que os funcionários e clientes se concentrem no fundo da farmácia.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

“Eu achei que era uma brincadeira, depois que as meninas foram lá pra trás é que eu vi que era um assalto mesmo”, conta Lisiane.

O homem vai até o caixa e recolhe o dinheiro. Nesse momento, Lisiane pega uma banqueta e acerta o assaltante, que revida com agressões.

Continua depois da publicidade

AGWP

“Eu perguntei se ele estava armado e ele colocou a mão embaixo do moletom e disse que estava. Eu disse ‘deixa eu ver a arma então’ e ele não mostrou. Então eu peguei a cadeira e comecei a bater nele”, relembra.

Os dois travaram uma luta quando o criminoso tentou tirar o móvel das mãos de Lisiane. Sem conseguir, ele desiste e vai embora.

“Eu reagi porque vi que ele não estava armado. Se ele não tem arma, eu vou pra cima. Não apanhou da mãe dele quando era pequeno e agora apanhou de mim”, fala a técnica em enfermagem.

O criminoso foi preso pela Polícia Militar horas depois do crime. Cedrique Ferreira tem 39 anos e já foi preso pelos crimes de roubo, tráfico de drogas e agressão.

O cabo Santana, da PM, explica que o recomendado é nunca reagir a um assalto. “O ideal é que não reaja porque a gente não sabe a intenção do autor. O indicado é sempre pegar as características do autor e passar para a guarnição”, orienta.

 

 

Fonte: NDMAIS
Compartilhe nas suas redes sociais


Redação Misturebas

Seja o repórter e nos envie fotos e dados!
WhatsApp Chat: http://abre.ai/grupomisturebas
Instagram: instagram.com/portalmisturebas
Telegram: https://t.me/misturebas

Portal Misturebas – A informação ao seu alcance | 13 anos ®️


Sugestão de pauta


Mais notícias
Atendimento