Participe do grupo Misturebas no WhatsApp

Morre Maurício Roberto Dias, o Beto Cego, figura popular do Garcia, em Blumenau

Morre Maurício Roberto Dias, o Beto Cego, figura popular do Garcia, em Blumenau

Proprietário de um bar na região, Beto foi vítima de um infarto na tarde de domingo (20)

Morreu na tarde de domingo Maurício Roberto Dias, o Beto Cego, figura popular do distrito do Garcia, em Blumenau. Aos 55 anos, Beto foi vítima de um infarto na tarde deste domingo (20) e não resistiu. Ele deixa a esposa, duas filhas e um neto.

O Bar do Beto, na Rua Antônio Zendron, estabelecimento que ele herdou do pai, era ponto de encontro de moradores e amigos da região, conta Tiago Junkes, criador do Sargento Junkes, personagem que enaltece os moradores dos bairros de Blumenau, principalmente do Garcia.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

“(O Beto) vai fazer muita falta. O estabelecimento dele era um local de reunião de amigos, animado, alegre. Eu até falei ontem pra minha noiva que quando eu vou lá, fico uma, duas horas lá, é o mesmo efeito de ficar um final de semana na praia, de recarregar energia, de se sentir bem. Vai fazer muita falta em todos os sentidos: a pessoa, o estabelecimento, a reunião de amigos”, lamenta Junkes.

Responsável por divulgar a notícia para a região ainda na tarde de domingo, Junkes ressaltou a importância de pessoas como Beto para o desenvolvimento dos bairros, que para ele é onde a vida na cidade de fato acontece:

Continua depois da publicidade

AGWP

“Desde que eu comecei com a história do Reino do Garcia sempre gostei muito de citar essas pessoas do bairro. Eu falo pra todo mundo que a gente as vezes é fã de cantor, de ator, que a gente tem que admirar pelo trabalho deles, mas nada impede a gente de ser fã, admirar as pessoas do bairro, que trabalham honestamente e se dedicam em prol de algum estabelecimento, de algum comércio de alguma fabrica, algum vizinho, algum amigo. E com o Beto, além de tudo isso tem a questão especial da deficiência dele, que mesmo sendo totalmente cego, ele nunca se vitimizou, nunca deixou de trabalhar, nunca reclamou, não dava nem pra dizer que ele tinha esse problema, muita gente nem acreditava que ele tinha esse problema”, conta.

O velório de Beto Cego ocorre desde a madrugada desta segunda-feira (21) na capela mortuária da Rua Emílio Tallman. No período da tarde, o corpo será cremado em uma cerimônia restrita.

 

 

Fonte: NDMAIS
Compartilhe nas suas redes sociais


Redação Misturebas

Seja o repórter e nos envie fotos e dados!
WhatsApp Chat: http://abre.ai/grupomisturebas
Instagram: instagram.com/portalmisturebas
Telegram: https://t.me/misturebas

Portal Misturebas – A informação ao seu alcance | 13 anos ®️


Sugestão de pauta


Mais notícias
Atendimento