Obra de recuperação da SC-108 deve ser entregue na sexta-feira, dia 8

Obra de recuperação da SC-108 deve ser entregue na sexta-feira, dia 8

A obra começou seis meses após o deslizamento de terra, que aconteceu no dia 18 de fevereiro de 2019

A obra de recuperação da SC-108, na Vila Freitas, em Guaramirim, deve ser finalizada na sexta-feira, 8 de maio, segundo o coordenador regional pela Defesa Civil de Santa Catarina, Osvaldo Gonçalves.

“A obra consiste em fazer a contenção do Morro do Schmidt e da Vila Freitas, na SC-108 e está basicamente pronta, restando apenas os serviços de limpeza, colocação de calha e drenagem para a conclusão”, comenta.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

Conforme Gonçalves, acima do crib-wall e na parte de baixo da Vila Freitas, foi feito hidrossemeadura com manta, que é um mistura de sementes, adubos minerais e outros resíduos indicado para proteção contra agentes erosivos.

A obra da rodovia começou seis meses após o deslizamento de terra, que aconteceu no dia 18 de fevereiro de 2019. A previsão para ser finalizada era no dia 27 de dezembro, porém o prazo por prorrogado para o dia 31 de março deste ano, após solicitação da Etec Construção e Terraplanagem, de Palhoça, empresa responsável pela obra. E depois, foi paralisada devido a pandemia de Covid-19.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

“Ela demorou por causa do tempo. Nós que estamos aqui não podemos ser críticos e dizer que não choveu, porque houve um quantitativo muito grande de chuva. Houve também uma questão de logística por parte da empresa, mas o que mais atrapalhou foi a chuva”, afirma.

De acordo com Gonçalves, as famílias que moram próximo ao local atingido, podem ter segurança, pois a obra foi pautada em cima disso, assim como as pessoas que transitam pelo local, cujo trânsito foi liberado a cerca de 15 dias.

“Diferente de algumas obras feitas em 2009, que só jogaram algumas caçambas de terra e disseram que estava seguro. O local hoje é 100%, não vamos ter nenhum problema de deslizamento, porque o tipo de material e engenharia que foi destinado para aquele local, é justamente para contenção. A nossa preocupação maior era com o Morro do Schmidt que estava caindo e a restauração da SC-108 era consequência”, salienta.

 

Continua depois da publicidade

Misturebas - Anúncio
Fonte: Guaramirim News | Por Camila Silveira Rosa
Compartilhe nas suas redes sociais


Redação Misturebas

Seja o repórter e nos envie fotos e dados!
http://bit.ly/FalecomPORTALMISTUREBAS

Siga nosso instagram
✅ Instagram: instagram.com/portalmisturebas

Participe do nosso grupo no WhatsApp
✅ WhatsApp: http://abre.ai/grupomisturebas
Portal Misturebas – A informação ao seu alcance | 12 anos®


Sugestão de pauta

Deixe um comentário.


Receba as novidades no seu email


Mais notícias
Atendimento
error: Conteúdo bloqueado