Polícia busca suspeitos de tráfico e mortes na comunidade do Siri, em Florianópolis

Polícia busca suspeitos de tráfico e mortes na comunidade do Siri, em Florianópolis

Um dos crimes é o do turista gaúcho de 20 anos que foi encontrado morto na comunidade na semana passada.

A Polícia Civil cumpriu mandados de busca e apreensão na manhã desta terça-feira, 14 de janeiro, na comunidade do Siri, nos Ingleses, no Norte da Ilha, em Florianópolis, em operação que busca suspeitos de integrar organização criminosa que atua com o tráfico de drogas no local e que é apontada como responsável por uma série de homicídios.

Um dos crimes é o do turista gaúcho de 20 anos que foi encontrado morto na comunidade na semana passada. No caso, outros dois turistas ficaram feridos.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

Segundo o delegado Ênio Matos, da Delegacia de Homicídios da Capital, que coordenou a ação, foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão. Ele informou que foram apreendidos materiais com informações referentes aos crimes investigados. Não houve prisões.

Agora vamos analisar o material apreendido e verificar de que maneira eles vão servir para as investigações — resumiu o delegado.

Continua depois da publicidade

Misturebas - Anúncio

Além do turista gaúcho encontrado morto, ao menos mais quatro mortes foram registradas na região da comunidade do Siri nos últimos dois meses. No fim de novembro, os corpos de um homem e uma mulher foram encontrados jogados na areia das dunas da comunidade. Dias depois, outro corpo foi encontrado na região. Já neste ano, durante as buscas ao jovem gaúcho, policiais encontraram mais um corpo, também nas dunas.

Relembre o caso do turista gaúcho

Kennedy Maldaner Santos da Silva, de 20 anos, foi encontrado morto na comunidade do Siri no último dia 6 de janeiro. Segundo as primeiras informações da polícia, ele entrou na comunidade no dia anterior com amigos em busca de uma porção de maconha, mas os traficantes teriam confundido o grupo com criminosos rivais. Os jovens tinham vindo de São Leopoldo (RS) passar férias na Capital catarinense.

 

Fonte: NSC | Por Guilherme Simon | Foto: Polícia Civil
Compartilhe nas suas redes sociais


Sugestão de pauta

Deixe um comentário.


Receba as novidades no seu email


Mais notícias
Atendimento