Câmara de Vereadores de Itajaí instaura CPI para investigar transporte coletivo

Câmara de Vereadores de Itajaí instaura CPI para investigar transporte coletivo

A primeira reunião ocorre na próxima semana, segundo o vereador Fernando Pegorini (Progressistas), que presidirá o primeiro encontro.

A presidência da Câmara de Vereadores de Itajaí publicou na sexta-feira, 22 de novembro, no Jornal do Município, o documento que instaura oficialmente a CPI do Transporte Coletivo. A primeira reunião ocorre na próxima semana, segundo o vereador Fernando Pegorini (Progressistas), que presidirá o primeiro encontro.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

Além de Pegorini, participam da CPI os vereadores Otto Quintino Junior (Republicanos), Edson Lapa (PL), Luiz Fernando da Silva (PDT) e Marcelo Werner (PCdoB).

A comissão foi instaurada para investigar o contrato e os repasses feitos pela prefeitura de Itajaí à empresa Transpiedade. O contrato é emergencial e o prazo inicial era de 180 dias – mas se estende desde o segundo semestre de 2017. Desde então, o município fez R$ 12 milhões em repasses de subsídio para a empresa.

O prazo da CPI é de 60, com possibilidade de prorrogação por mais 45.

 

Fonte: NSC | Por Dagmara Spautz | Fotos: Divulgação
Compartilhe nas suas redes sociais


Sugestão de pauta

Deixe um comentário.


Receba as novidades no seu email


Mais notícias
Atendimento