Menina de 13 anos é resgatada após ser mantida em cativeiro por dois meses, em Palhoça

Menina de 13 anos é resgatada após ser mantida em cativeiro por dois meses, em Palhoça

O homem era investigado por abusar da menina em 2018 e ao tomar ciência da investigação, raptou a criança.

Uma adolescente de 13 anos foi resgatada pela polícia no domingo, 13 de outubro, após ter sido mantida em cárcere privado por dois meses, em uma mata fechada, nas proximidades do Morro do Gaúcho e Rio da Madre, na Guarda do Embaú, em Palhoça. De acordo com a Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI) do município, o responsável pelo crime fugiu quando os agentes chegaram ao local.

A menina estava desaparecida desde junho de 2019, vivendo acampada em condições precárias, segundo a polícia. Durante a busca no acampamento foi localizado e apreendido um revólver calibre 32 com seis munições. De acordo com a polícia, o que teria motivado Placido Cardoso, 48 anos, a cometer o sequestro teria sido a investigação em andamento contra ele. O homem era vizinho da criança e teria abusado da menina em 2018, quando ela tinha 12 anos de idade. Ao tomar ciência do trabalho da justiça, o homem a raptou.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

A fotografia do suspeito está sendo divulgada e a orientação é que caso alguém o veja, entre em contato pelos números: 181 da Polícia Civil ou 190 da Polícia Militar.

Foto: DPCAMI

A polícia informou que até que o local fosse encontrado, por volta das 16h do domingo, dia 13, foram realizadas várias operações na mata para resgatar a vítima e cumprir o mandado de prisão preventiva do suspeito.

Continua depois da publicidade

Misturebas - Anúncio

 

Fonte: NSC | Foto: Ilustrativa/Salmo Duarte
Compartilhe nas suas redes sociais


Sugestão de pauta

Deixe um comentário.


Receba as novidades no seu email


Mais notícias
Atendimento